sábado, 22 de fevereiro de 2020

Biffy Clyro - Instant History

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

A Coragem de Cilka, de Heather Morris - Novidade Editorial Presença

A Coragem de Cilka


Data de publicação: 19-02-2020
Colecção: Grandes Narrativas
Número na coleção: 731
Edição: 1
Número de páginas: 352
ISBN: 9789722365024

Sinopse
Em 1942, com apenas 16 anos, Cilka Klein é levada para o campo de concentração de Auschwitz-Birkenau. O comandante do campo, Johann Schwarzhuber, sente-se de imediato atraído pela beleza dos seus longos cabelos e decide separá-la das outras prisioneiras. Cilka depressa aprende que o poder pode ditar a sobrevivência.
Após a libertação, Cilka acaba por ser condenada pelos russos por ter colaborado com os nazis e é enviada para Vorkuta, um desolado e horrendo campo de trabalhos forçados na Sibéria, no Círculo Polar Ártico.
Inocente, mas de novo prisioneira, Cilka enfrenta novos desafios, igualmente aterradores, numa batalha diária pela sobrevivência. Trava amizade com uma médica de Vorkuta e aprende a cuidar dos prisioneiros doentes esforçando-se para tratar deles, sob condições inimagináveis. Mas é ao cuidar de um homem chamado Aleksandr que Cilka descobre que, apesar de tudo, ainda há espaço no seu coração para o amor.
Baseado em factos conhecidos sobre o período em que Cilka Klein esteve detida em Auschwitz e nos testemunhos de prisioneiras nos campos de trabalhos forçados na Sibéria, A Coragem de Cilka é a continuação da narrativa do bestseller internacional O Tatuador de Auschwitz. É uma obra de cortar o fôlego, uma poderosa homenagem ao triunfo da resiliência, um romance que nos leva às lágrimas. Mas é também uma história que nos deixa estarrecidos e encorajados pela feroz determinação de uma mulher que, contra todas as probabilidades, sobreviveu.

Heather Morris nasceu na Nova Zelândia e reside atualmente na Austrália. Durante vários anos, enquanto trabalhava num hospital público em Melbourne, estudou e escreveu argumentos para cinema. Em 2003, Heather foi apresentada a um homem idoso que «tinha uma história que valia a pena contar». O dia em que conheceu Lale Sokolov mudou a vida de ambos, e à medida que a amizade entre os dois crescia, Lale embarcou numa viagem ao seu passado, confiando a Heather os detalhes mais íntimos da sua vida durante o Holocausto. Heather escreveu a primeira versão da história de Lale na forma de um argumento para filme, antes de o transformar no seu romance de estreia, O Tatuador de Auschwitz. Os direitos de publicação deste livro inspirador estão vendidos para mais de 20 países.

Saiba mais sobre o livro aqui.

Opinião do livro O Tatuador de Auschwitz aqui.

Telma, o Unicórnio, de Aaron Blabey - Novidade Bertrand Editora

Telma, o Unicórnio


Género: Infantojuvenil / Infantil
Formato: 21 x 21,8 cm
No de páginas: 32
Data de lançamento: 28 de fevereiro de 2020
PVP: 9,90 €
ISBN: 9789722538961

Sinopse
Telma, o Unicórnio. O que a torna Única?
Quando o sonho parece tornar-se uma maldição, a Telma descobre que não há maior magia do que sermos nós mesmos.
A Telma é um pónei amoroso cujo maior sonho é ser um unicórnio... Quando a Telma decide fazer-se passar por um, o seu plano tem um sucesso inesperado e catapulta-a para a fama. Ela torna-se então uma superestrela, mas as luzes da ribalta têm um efeito muito desagradável. A Telma não tem um minuto de sossego e nem todos os "fãs" são simpáticos. Quando o sonho parece tornar-se uma maldição, a Telma descobre que não há maior magia do que sermos nós mesmos.

Aaron Blabey era um péssimo ator, por isso, decidiu escrever anúncios irritantes para televisão. Depois, ensinou desenho a quem desenhava melhor do que ele. Até que decidiu escrever livros, e adivinhem? Os seus livros receberam diversos prémios e muitos tornaram-se famosos. Então, ele pensou: “Ser autor é excelente! Esta será a minha profissão!”
Hoje, Aaron vive numa montanha, na Austrália, com a sua esposa, três filhos e uma piscina cheia de tubarões brancos. OK, é mentira. Ele só tem dois filhos.

Pode comprar o livro aqui.

terça-feira, 18 de fevereiro de 2020

A Parteira Alemã, de Mandy Robotham - Novidade Planeta

A Parteira Alemã

ISBN: 978-989-777-348-8
Tradução: Mário Dias Correia
Formato: 15,5 x 23,5 cm // Capa mole
N.o de páginas: 352
PVP: €18,50

Sinopse
Anke Hoff, prisioneira do campo de concentração de Ravensbrük faz o que pode para manter vivas as suas companheiras grávidas e os bebés recém-nascidos. Mas quando o seu trabalho é notado, é escolhida para uma tarefa bem mais perigosa.
Eva Braun está grávida do filho do Führer e Anke é retirada do campo para Berghof, casa refúgio de Hitler, para trazer ao mundo o filho de Eva Braun. Se recusar, a sua família morrerá. Anke vê-se perante uma escolha impossível. Dividida entre o dever de parteira e o ódio pelo regime para o qual agora trabalha.
A viver uma vida que nunca poderia ter imaginado, Anke apaixona-se por um oficial alemão e cedo o casal é confrontado com os perigos desta relação proibida.
Poderá o seu amor sobreviver aos horrores da guerra?
E, mais importante, conseguirão encontrar a felicidade?

Mandy Robotham é aspirante a escritora desde os nove anos, mas foi desviada pelo jornalismo e mais tarde seduzida pelo momento de dar à luz. Hoje é parteira e escreve sobre nascimento, morte, amor e tudo o que envolve estes momentos únicos. Tem um mestrado em Escrita Criativa pela Oxford Brookes University.
A Parteira Alemã é o seu primeiro romance.

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2020

O Meu Mapa de Ti, de Isabelle Broom - Novidade Planeta

O Meu Mapa de Ti

ISBN: 978-989-777-346-4
Tradução: Inês Castro
Formato: 15,5 x 23,5 cm // Capa mole
N.o de páginas: 376
PVP: €17,50
Nas livrarias: 18/02/2020

Sinopse
Umas férias na deslumbrante ilha grega de Zakynthos, com o seu céu azul perfeito, praias de areia branca e águas cristalinas, deveriam ser um sonho tornado realidade. Mas, para Holly, mais parecem um pesadelo.
Ao chegar à ilha para tomar posse da casa que acabou de herdar, Holly não sabe o que esperar. E, na verdade, não está preparada para os segredos de família que está prestes a descobrir.
Com a ajuda de Aidan, o seu vizinho encantador, Holly dispõe-se a explorar a ilha, na esperança de juntar as peças da sua história perdida. No entanto, a vida real, incluindo o namorado que deixou em Inglaterra, ameaçam este seu plano.
Holly pensa que está a seguir os segredos do passado. No entanto, será possível que acabe por traçar o seu mapa do futuro?

Isabelle Broom nasceu em Cambridge nove dias antes do início dos anos de 1980 e estudou na Media Arts em Londres antes de integrar a revista Heat, onde continua e hoje é editora da rubrica Book Reviews. Sente-se sempre feliz quando está numa aventura. Isabelle viaja pelo mundo procurando cenários para os seus romances, além de fazer a peregrinação anual àquele que considera ser o seu verdadeiro lar, a ilha grega de Zakynthos. Vive em Suffolk, onde partilha uma casa de campo com o seu cão, Max.

terça-feira, 11 de fevereiro de 2020

Chuva miúda, de Luis Landero - Novidade Porto Editora

Chuva miúda

ISBN: 978-972-0-03275-1
Edição ou reimpressão: 02-2020
Editor: Porto Editora
Tradução: Miguel Filipe Mochila
Encadernação: Capa mole
Páginas: 240
PVP: 17,70€

Sinopse
Gabriel decide celebrar o octogésimo aniversário da mãe e, para isso, terá de contactar as duas irmãs a fim de reunir a família para a feliz ocasião. Todavia, estes telefonemas entre irmãos despertam rancores antigos, relembram erros do passado e põem em confronto diferentes visões do mesmo episódio. Aurora, a discreta mulher de Gabriel, é a confidente pela qual passam todas as histórias que durante anos estiveram guardadas no mais fundo de cada uma das personagens.

Sobre o autor
Nasceu em Badajoz, em 1948. Licenciado em Filologia Hispânica pela Universidad Complutense, lecionou Literatura na Escuela de Arte Dramática de Madrid e foi professor convidado em Yale. Estreou-se na literatura em 1989, com o romance Jogos da Idade Tardia (Prémio da Crítica e Prémio Nacional de Narrativa 1990), a que se seguiram inúmeros títulos, entre eles Hoy, Júpiter (XV Prémio Arcebispo Juan de San Clemente) e El balcón en invierno (Prémio Libro del Año del Gremio de Libreros de Madrid e Prémio Dulce Chacón 2015). Traduzido para várias línguas, é considerado um dos nomes essenciais da literatura espanhola.

Comprar o livro aqui.

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2020

Gosto de ti (quase sempre), de Anna Llenas - Novidade Porto Editora

Gosto de ti (quase sempre)

ISBN: 978-972-0-70830-4
Edição ou reimpressão: 02-2020
Editor: Porto Editora
Dimensões: 258 x 258 x 28 mm
Encadernação: Capa dura
Páginas: 22
PVP: 24,90€

Sinopse
Porque será que determinadas características de uma pessoa por vezes nos agradam mas outras vezes nos incomodam?
O Rui e a Rita são muito diferentes um do outro. Aceitar as diferenças nem sempre é fácil… Mas quem disse que seria?
Este livro é dedicado não só a crianças mas também a adultos, e convida-nos a compreender o que nos diferencia, mostrando o efeito mágico dos opostos.

Sobre a autora
É licenciada em Publicidade e Relações Públicas pela Universidade Autónoma de Barcelona e em Design Gráfico pela Llotja School. Tem também formação em Psicologia Analítica e uma pós-graduação em Terapia da Arte.
Trabalhou como designer e diretora artística nas agências Bassat Ogilvy & Matter e Publicis Casadevall & Pedreno. Um dia, decidiu abandonar o mundo da publicidade e enveredar por um caminho mais artístico e pessoal. Desde então, desenha produtos originais, escreve e ilustra livros e dá formação em criatividade e emoções.

Comprar o livro aqui.

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2020

Em Nome do Amor, de Kristin Hannah - Novidade Bertrand Editora

Em Nome do Amor

Género: Literatura / Romance
Tradução: Marta Pinho
Nº de páginas: 296
Data de lançamento: 7 de fevereiro de 2020
PVP: 16,60 €
ISBN: 9789722535977

Sinopse
Quando Mikaela Campbell, esposa e mãe amada, entra em coma, cabe ao seu marido, Liam, manter a família unida e cuidar dos filhos desolados e assustados. Os médicos dizem-lhe que não tenha esperança de que ela recupere, mas ele acredita que o amor é capaz de fazer o que a medicina não consegue. Todos os dias, senta-se ao lado dela, conta-lhe histórias da vida preciosa que construíram juntos, na esperança de que ela acorde. Mas depois descobre provas do passado secreto da mulher: um primeiro casamento com a estrela de cinema Julian True. Desesperado por trazer Mikaela de volta a qualquer custo, Liam sabe que tem de pedir ajuda a Julian. Mas irá essa decisão custar-lhe a mulher, a família e tudo o que estima?

Kristin Hannah nasceu em 1960 no sul da Califórnia. Aos oito anos, a família mudou-se para o estado de Washington. Trabalhou em publicidade, licenciou-se em Direito e exerceu advocacia em Seattle. Quando a gravidez a obrigou a ficar de cama durante vários meses, Kristin retomou alguns textos antigos que tinha escrito em parceria com a falecida mãe, que sempre dissera que ela seria escritora. O marido encorajou-a e, assim que o filho nasceu, Kristin abandonou a anterior atividade profissional e dedicou-se à escrita a tempo inteiro. O primeiro êxito surgiu em 1990. Ganhou prestigiados prémios como um Rita Award (Romance Writers of América) em 2004 com Entre Irmãs, e o National Reader's Choice. A sua obra está traduzida em várias línguas. Vive com o marido e filho na costa noroeste dos Estados Unidos.

Compre o livro aqui.

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2020

Edição Especial Mulherzinhas e Boas Esposas, de Louisa May Alcott - Oficina do Livro


ISBN: 9782222248538
Edição ou reimpressão: 01-2020
Editor: Oficina do Livro
Encadernação: Capa mole
Páginas: 800
PVP: 18,90€

Sinopse
As irmãs Meg, Jo, Beth e Amy conhecem algumas dificuldades depois da partida do seu pai para a guerra e dos problemas económicos que a família enfrenta. Mas o espírito lutador e de união que reina entre todas ajuda-as a seguir em frente.
Juntas vivem histórias em que o amor e a coragem se revelam mais fortes do que todas as dificuldades que têm de enfrentar, mas quando a tragédia lhes bate à porta, descobrem que o melhor conforto é terem-se umas às outras e poderem estar juntas.
Bem-vindos à história de vida da família March!

EDIÇÃO ESPECIAL dos clássicos MULHERZINHAS e BOAS ESPOSAS, que no 150.º aniversário da obra mais emblemática de Alcott, deram origem a uma grande ADAPTAÇÃO CINEMATOGRÁFICA.

Louisa May Alcott é uma autora americana que sonhava ser atriz mas que acabou por se tornar numa escritora incontornável no panorama da literatura juvenil. Criada com a família na Nova Inglaterra, cresceu rodeada de destacados intelectuais, tais como Nathaniel Hawthorne e Henry David Thoreau, amigos do seu pai, que era filósofo e professor. Além da sua notoriedade como escritora, a autora tornou-se muito popular pelas posições que assumiu em defesa da abolição da escravatura e do direito de voto para as mulheres.

O Informador, de Jan-Erik Fjell - Novidade Dom Quixote

O Informador

ISBN: 9789722069366
Edição ou reimpressão: 02-2020
Editor: Dom Quixote
Encadernação: Capa mole
Páginas: 400
PVP: 18,80€

Sinopse
Nova Iorque, década de 1960. Vincent Giordano foi admitido na máfia italiana, na infame família Locatelli, e é submetido ao seu batismo de fogo: executar um informador.
Fredrikstad, na atualidade. Wilhelm Martiniussen, dono de uma petrolífera norueguesa, é assassinado logo após ter anunciado uma mudança inesperada na política da sua empresa. Motivado por preocupações ambientais, havia decidido abandonar um projeto bastante lucrativo e investir nas energias renováveis, o que traria grandes perdas aos membros da direção. Há, por isso, razões para acreditar que o seu assassinato teve motivos financeiros.
Anton Brekke, famoso detetive do departamento de homicídios da Kripos, irá liderar a investigação. Brekke é um homem de contrastes, com uma paixão secreta pelo póquer. Sem grande jeito para lidar com pessoas, a sua personalidade provocadora e rude rendeu-lhe poucos amigos na polícia. No entanto, as suas competências são inegáveis e, por baixo da fachada, tem um coração bondoso.
Acompanhado pelo diligente cadete da polícia Magnus Torp, para resolver este caso, Brekke terá de trazer à tona uma série de eventos do passado e encontrar os pontos que unem um número desconcertante de pessoas muito diferentes, de diferentes épocas e lugares.

Jan-Erik Fjell (1982, Fredrikstad) é um dos principais escritores de policiais da Noruega, autor da série que tem o detetive Anton Brekke como protagonista.
Aos 28 anos, tornou-se o mais jovem vencedor do prestigioso Prémio dos Livreiros da Noruega, atribuído ao seu romance de estreia O Informador (2010). Desde então, experienciou um sucesso fulminante, e dedica-se hoje integralmente à escrita.
Com mais de 500 000 cópias vendidas na Noruega, Fjell é altamente elogiado por críticos e leitores. A sua imagem de marca consiste na combinação de uma prosa literária, personagens com densidade psicológica e histórias em várias camadas que resultam em enredos intrincados e com um desfecho imprevisível.

Passatempo Exclusivo Facebook


Passatempo em vigor até dia 08 de Fevereiro.
Participe aqui.
Boa sorte!

terça-feira, 4 de fevereiro de 2020

A menina que queria desenhar o mundo, de Adélia Carvalho e Sérgio Condeço - Novidade Nuvem de Letras

A menina que queria desenhar o mundo

De Adélia Carvalho e Sérgio Condeço
Nuvem de Letras
40 páginas
PVP 12,90€

Sinopse
Uma história sobre o sonho de uma criança que não conhece a palavra "desistir".
Um dia, uma menina decide desenhar o mundo.
Parecia difícil que tudo coubesse num pedaço de papel.
Só que um pequeno risco depressa ganha asas e leva a menina a conhecer terras distantes.

Sobre os autores
Adélia Carvalho nasceu numa pequena aldeia de Penafiel. Última de sete filhos, cresceu muito influenciada pela figura do avô materno, grande contador de histórias. É licenciada em Educação de Infância pela Escola Superior de Educação do Porto e lecionou em diferentes escolas antes de se dedicar exclusivamente à escrita. Fundadora da livraria Papa-Livros e da editora Tcharan, é autora de vários livros infantis premiados e traduzidos em vários idiomas.

Sérgio Condeço nasceu no Estoril, mas foi um erro da cegonha. Cedo foi para Moçambique e passou lá a sua infância. Estudou Design e, durante os últimos vinte anos, trabalhou nesta área. Em 2015, decidiu dedicar-se à ilustração. Foi ilustrador da revista Notícias Magazine (Diário de Notícias e JN) e apresentou trabalhos em exposições individuais em Lisboa e Porto. Ilustrou o livro Porque não dormem os gatos?, de Fernanda Freitas, com chancela da Nuvem de Letras em 2019. Tem atualmente ateliê em Lisboa.

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2020

A última carta, de Cecelia Ahern - Novidade Suma de Letras

A Última Carta

A última carta
De Cecelia Ahern
Suma de Letras
ISBN: 978-989-665-960-8
316 páginas
PVP: 18,80€

Sinopse
Faz sete anos que o marido de Holly Kennedy morreu - seis, desde que ela leu a sua última carta, na qual lhe pedia que encontrasse coragem para forjar uma nova vida.
Holly orgulha-se da forma como tem evoluído e crescido. Até que recebe a mensagem: "Precisamos desesperadamente da sua ajuda, Holly. Estamos a ficar sem ideias e ... " - ela respira fundo, em busca de energia - "todos nós estamos a ficar sem tempo."
Os membros do Clube P. S. Eu amo-te, inspirados nas últimas cartas do seu marido, Gerry, querem que Holly os ajude a escrever as suas próprias mensagens de despedida para os que lhes são queridos.
Holly vê-se atraída, de novo, para um mundo que se esforçou tanto por deixar para trás. Relutante, começa a relacionar-se com o clube, mesmo quando a amizade deles ameaça destruir a paz que ela acredita ter alcançado.
Porque cada uma dessas pessoas espera de Holly a ajuda para deixar algo significativo àqueles que mais ama, ela embarcará numa jornada notável que a desafiará a questionar se abraçar o futuro implicar trair o passado e o que significa amar alguém para sempre ...
Quando o amor é eterno, há sempre algo mais para dizer.

Cecelia Ahern, depois de se licenciar em Jornalismo e Comunicação, escreveu este primeiro romance aos 21 anos. Foi um sucesso internacional sem precedentes, tendo sido levado ao grande ecrã, o que acrescentou ainda mais fãs a esta história de amor, que é um clássico.
Desde então, Cecelia publica, com grande sucesso, um romance por ano. Até ao momento, os seus livros venderam 25 milhões de cópias, foram publicados em mais de 40 países, em 30 línguas. Só em Portugal, PS — Eu amo-te vendeu, até à data, mais de 57 000 exemplares, e mais de 1 milhão em todo o mundo.
Para além de ser uma romancista amplamente premiada, Cecelia Ahern também cria projectos originais para televisão.

sexta-feira, 31 de janeiro de 2020

Isto só acontece nos filmes, de Holly Bourne - Novidade Topseller

Isto só acontece nos filmes

AUTOR Holly Bourne
COLEÇÃO Ficção Romântica Contemporânea
ISBN 9789896688479
PVP 18.79 €
1ª EDIÇÃO fevereiro de 2020
EDIÇÃO ATUAL 1.ª
PÁGINAS 368
APRESENTAÇÃO capa mole

Sinopse
Serenatas românticas, beijos à chuva e declarações de amor épicas... Isto só acontece nos filmes!
A AUDREY não quer saber de amor nem de paixões piegas. A vida dela já tem drama que chegue! Para fugir ao caos que se instalou em casa, ela arranja um trabalho no cinema local, sem imaginar que é precisamente aqui que vai encontrar um drama chamado Harry.
O HARRY é um aspirante a realizador de cinema e encaixa em todos os clichês lamechas dos grandes romances. Rosas vermelhas, velas e charme de bad boy, ele vai tentar de tudo para conquistar a descrente Audrey. Mas, por favor, poupem-na! É bem sabido que o amor da vida real não é como nos filmes, certo? Ou talvez a Audrey se surpreenda...

Holly Bourne iniciou a sua carreira de jornalista no Surrey Mirror, tendo sido nomeada, em 2010, para o prémio de Melhor Jornalista de Imprensa do Ano. Depois disso, trabalhou como editora e, anos mais tarde, como conselheira na área dos relacionamentos amorosos e da saúde mental. Inspirada pelo seu trabalho com casais e jovens, começou a escrever romances Young Adult sobre feminismo, doenças mentais e relações amorosas. 
O seu interesse por estes temas levou-a a envolver-se na Women’s Aid, uma associação contra a violência doméstica, e a assumir um papel ativo na sensibilização para as relações abusivas.

Laranja de Sangue, de Harriet Tyce - Novidade Topseller

Laranja de Sangue

AUTOR Harriet Tyce
COLEÇÃO Harriet Tyce
ISBN 9789896687595
PVP 17.69 €
1ª EDIÇÃO fevereiro de 2020
EDIÇÃO ATUAL 1.ª
PÁGINAS 320
APRESENTAÇÃO capa mole

Sinopse
«SÓ MAIS UMA NOITE. DEPOIS ACABO COM ISTO.»
A vida de Alison parece perfeita. Tem um marido dedicado, uma filha adorável, uma carreira em ascensão como advogada e acaba de lhe ser atribuído o primeiro caso de homicídio. Só que Alison bebe. Demasiado. E tem vindo a negligenciar a família. Além de que esconde um caso amoroso quase obsessivo com um colega que gosta de ultrapassar os limites.
«EU FI-LO. MATEI-O. DEVIA ESTAR PRESA.»
A cliente de Alison não nega ter esfaqueado o marido e quer declarar-se culpada. No entanto, há algo na sua história que não parece fazer sentido. Salvar esta mulher pode ser o primeiro passo para Alison se salvar a si própria. 
«ESTOU DE OLHO EM TI. SEI O QUE ANDAS A FAZER.»
Mas alguém conhece os segredos de Alison. Alguém quer fazê-la pagar pelo que fez. E não irá parar até ela perder tudo o que tem.
Um thriller envolvente, com um final absolutamente inesperado e chocante, protagonizado por uma personagem muito empática. 

Harriet Tyce cresceu em Edimburgo e estudou Inglês na Universidade de Oxford, antes de fazer um curso intensivo de Direito na City University. Exerceu como advogada criminal em Londres durante quase uma década e fez recentemente um Mestrado em Escrita Criativa — Romances Policiais na Universidade de East Anglia.
Laranja de Sangue é o seu romance de estreia e um verdadeiro êxito internacional, tendo sido traduzido para mais de 20 línguas. Harriet vive no norte de Londres.

quinta-feira, 30 de janeiro de 2020

O Prazer, de María Hesse - Suma de Letras

o prazer

ISBN: 9789896659592
Ano de edição ou reimpressão: 02-2020
Editor: Suma de Letras
Encadernação: Capa dura
Páginas: 160
PVP: 18,80€

Sinopse
Nele, conta-nos como foi o seu caminho para o despertar da sexualidade, um caminho tortuoso semeado de culpa, vergonha e ignorância, que ultrapassou graças a uma curiosidade insaciável e ao exemplo sábio de mulheres que souberam explorar o mistério e o poder da sensualidade, que enfrentaram os preconceitos do seu tempo, que deram um nome àquilo que não tinha nome e pavimentaram e iluminaram a rota do prazer para que outras a pudessem percorrer mais facilmente. Mulheres de carne e osso ou apenas da ficção, como Lilith, Maria Madalena, Safo, Eve Ensler, Colette, Anaïs Nin, Simone de Beauvoir, Anne Sexton, Mata Hari, Betty Dodson, Marilyn Monroe, Erika Lust e até Daenerys Targaryen. Graças a elas, Hesse desenhou um mapa do prazer feminino para que todas o possamos explorar.

María Hesse (1982). Sem saber, tornou-se ilustradora aos 6 anos. Mas a mãe e a professora sabiam que seria esse o seu caminho. Alguns bons anos depois, após terminar os estudos em Educação Especial, agarrou num lápis e lançou-se, profissionalmente, na piscina da ilustração.
Trabalha há três anos com a editora Edelvives na produção de livros didáticos e também realiza trabalhos de ilustração para as revistas Jot Down, Maasui Magazine e Glamour.
María publicou, em várias editoras, as suas obras ilustradas: Orgulho e Preconceito, Frida Khalo: Uma Biografia, obra que ganhou o Prémio da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil do Brasil, Bowie: Uma Biografia e, mais recente, O Prazer.
Para além dos seus trabalhos na área da edição, María Hesse teve as suas obras em várias exposições, desenvolvendo ainda uma atividade pessoal onde a sensibilidade e as mulheres são as principais protagonistas.

quarta-feira, 29 de janeiro de 2020

Os Leões da Sicília, Stefania Auci - Novidade Editorial Presença

Os Leões da Sicília

Coleção: Grandes Narrativas nº 730
Tema: Ficção e Literatura
Título Original: I leoni di Sicilia (La saga dei Florio 1)
Tradução: Filipe Guerra
PVP: 19,90 €
ISBN: 978-972-23-6500-0 
Páginas: 464

Sinopse
No momento em que desembarcam em Palermo, na Sicília, vindos da Calábria, em 1799, os irmãos Paolo e Ignazio Florio olham de frente para a vida com tenacidade e ambição, decididos a serem os mais ricos e os mais poderosos. E, em breve, fazem da sua loja de especiarias a melhor da cidade, dedicam-se à comercialização do enxofre, compram propriedades a nobres falidos, criam a sua companhia de navegação...
Quando Vincenzo, filho de Paolo, passa a dirigir a Casa Florio, a dinâmica continua: nas adegas Florio , transformam o marsala - um vinho para gente pobre - num néctar digno da mesa de um rei; um método revolucionário de conservar o atum - enlatado e em óleo - traz-lhes ainda mais riqueza... Palermo assiste à expansão dos Florio com espanto, mas depressa são alvo de inveja e desprezo e continuam a ser vistos como «estrangeiros» e simplórios, apesar da sua determinação profunda a ascenderem socialmente. E, não obstante serem homens excecionais, são ao mesmo tempo frágeis, ainda que não o queiram admitir, e precisam de ter a seu lado mulheres igualmente excecionais: como Giuseppina, a mulher de Paolo, que sacrifica tudo, incluindo o amor, pela estabilidade da família; ou Giulia, a jovem milanesa que entra como um furacão na vida de Vincenzo e se torna o seu porto seguro.
Entrecruzando o percurso da ascensão empresarial e social dos Florio com as tumultuosas histórias da sua vida íntima, durante os anos mais agitados da História de Itália do século XIX, Stefania Auci apresenta uma poderosa saga familiar, de tal modo viva e pulsante que parece contemporânea.

Sobre a autora
Stefania Auci nasceu em Trapani, na Sicilia, em 1974, e tem uma intensa relação afetiva com a cidade de Palermo, o que se reflete nas apaixonantes investigações a que se dedicou para escrever a história da família Florio. Foi com muita dedicação que levou a cabo uma profunda pesquisa em bibliotecas e crónicas jornalísticas da época em que a ação decorre, tendo explorado as propriedades dos Florio e recolhido com minúcia os fios da História, incluindo trajes, canções, cartas, garrafas, joias, navios, estátuas... O resultado é uma narrativa que dissipa as névoas do tempo e devolve aos Florio a sua extraordinária e impressionante vitalidade. Mesmo antes da sua publicação em Itália, os direitos de tradução do presente livro já tinham sido adquiridos por editores de vários países como Estados Unidos da América, Alemanha, França, Espanha e Holanda.

terça-feira, 28 de janeiro de 2020

P.S: Eu amo-te, de Cecelia Ahern - Reedição Suma de Letras

p.s eu amo-te

P.S: Eu amo-te
De Cecelia Ahern
Suma de Letras
PVP: 18,90€
ISBN: 9789896659578

Sinopse
Algumas pessoas esperam a vida inteira para encontrar a sua alma gémea, mas não é o caso de Holly e Gerry. Conheceram-se quando eram estudantes mas sentem que se conhecem desde sempre; foram feitos um para o outro. Cada um termina as frases do outro e, mesmo quando discutem, fazem-no a rir. Ninguém os pode imaginar separados.
Até que o inesperado acontece e Holly pensa que não pode viver sem Gerry. Três meses depois da morte deste, recebe um pacote misterioso. Gerry deixou uma série de cartas, uma para cada mês após a sua morte, nas quais, com ternura, sabedoria e humor, a encoraja a seguir em frente.
Holly perceberá, carta após carta, que a vida é para ser vivida… mas que tudo pode ser muito mais bonito se houver um anjo que nos faça companhia.

Cecelia Ahern, depois de se licenciar em Jornalismo e Comunicação, escreveu este primeiro romance aos 21 anos. Foi um sucesso internacional sem precedentes, tendo sido levado ao grande ecrã, o que acrescentou ainda mais fãs a esta história de amor, que é um clássico.Desde então, Cecelia publica, com grande sucesso, um romance por ano. Até ao momento, os seus livros venderam 25 milhões de cópias, foram publicados em mais de 40 países, em 30 línguas. Só em Portugal, PS — Eu amo-te vendeu, até à data, mais de 57 000 exemplares, e mais de 1 milhão em todo o mundo.
Para além de ser uma romancista amplamente premiada, Cecelia Ahern também cria projectos originais para televisão.

segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

Uma Mensagem Através da Vedação, de Doug Gold - Novidade Saída de Emergência

Uma Mensagem Através da Vedação

ISBN: 9789898892478
Ano de edição ou reimpressão: 01-2020
Editor: Desassossego
Encadernação: Capa mole
Páginas: 288
PVP: 17,70€

Sinopse
Através da história verídica de Josefine Lobnik, uma resistente política que ajudou soldados e prisioneiros de guerra a escapar aos nazis, e de Bruce Murray, um soldado neozelandês que foi capturado na Grécia e enviado para a Eslovénia, Doug Gold apresenta-nos um retrato dramático das relações em tempo de guerra e da destruição que assolou a Europa e o mundo.
Um testemunho extraordinário de duas pessoas comuns que viveram as inimagináveis dificuldades do bárbaro regime de Hitler. Na Europa ocupada pelos nazis, dois estranhos conhecem-se por acaso. Um deles é uma resistente eslovena, que atira um bilhete amarrotado através de uma vedação de arame farpado e foge por entre a neve. O outro é um prisioneiro de guerra.
Narrada através dos relatos de fugas audaciosas, traições, tortura e retaliação, esta é uma notável história de amor que sobreviveu a todas as contrariedades.

Doug Gold teve uma carreira de sucesso nos media e tem uma paixão por histórias baseadas em factos reais. Conheceu Bruce e Josefine na década de 80 e desde que ouviu este extraordinário relato de bravura, resiliência, resistência e amor decidiu que era uma história que tinha de ser contada. Vive em Wellington com a sua mulher, Anemarie, a ilha mais velha de Josefine e Bruce. Pode consultar mais informações sobre esta incrível história em www.thenotethroughthewire.com

O teu corpo é teu!, de Rachel Brian - Novidade Nuvem de Letras

O teu corpo é teu!

O TEU CORPO É TEU!
De Rachel Brian
Nuvem de Letras
ISBN: 978-989-665-921-9
68 páginas
PVP c/IVA 9,90€

Sinopse
O livro que os adultos procuravam para falar sobre limites e respeito corporal com as crianças - sem as alarmar. Escrito e ilustrado com humor, num formato ao estilo das novelas gráficas, este livro é informativo e apropriado para a idade (6 a 12 anos)
Este livro não só nos ensina a definir limites em relação ao nosso corpo como também nos leva a refletir sobre o nosso comportamento em relação aos outros, ajudando-nos a sentir-nos  seguros, respeitados e 100%  donos do nosso  corpo.
Mas as tuas regras podem ser diferentes das regras de outras pessoas e podem até mudar ao longo do tempo. Por exemplo, podes escolher dar «mais cinco» aos teus amigos e um beijinho ao teu gato e não o contrário!
Um livro informativo, inteligente, humorístico e habilmente adequado aos mais novos.

Sobre a autora :
Rachel Brian: é fundadora, proprietária e animadora dos Blue Seat studios. É conhecida sobretudo pelo seu trabalho em Tea Consent e Consent for Kids, dois vídeos curtos que explicam o que é o consentimento, que já foram traduzidos para mais de vinte idiomas e tiveram mais de 150 milhões de visualizações em todo o mundo. Artista desde sempre, Rachel foi investigadora e professora, tendo ensinado Fisiologia, Biologia e Matemática a alunos do ensino secundário e universitário. Vive em Providence, Rhode Island, com os três filhos e um cão adoravelmente feio chamado Harvey.

sexta-feira, 24 de janeiro de 2020

Existir Depois de Ti, de Carolina Setterwall - Novidade Editorial Presença

Existir Depois de Ti

Data de publicação: 22-01-2020
Colecção: Grandes Narrativas
Número na coleção: 729
Edição:
Número de páginas: 320
ISBN: 9789722364966
PVP: 17,90€


Sinopse
A noite passada, adormeci convencida de que teríamos milhares de dias à nossa frente. Mas não é assim. Esta é a nossa última noite.
Carolina está a amamentar o seu bebé, quando recebe um estranho e-mail do namorado, Aksel, em que revela as suas senhas de computador e lhe dá instruções para seguir no caso de ele morrer. Carolina fica preocupada, mas depois irritada - este comportamento é típico de Aksel, que termina a mensagem com a frase: Vamos esperar pelo melhor!
Nos últimos tempos, a relação entre os dois tem sido difícil, em especial com um bebé de oito meses para criar.
Aksel morre inesperadamente e o mundo de Carolina sofre uma reviravolta incontrolável. Talvez para impor alguma ordem no caos, Carolina regista meticulosamente os acontecimentos nos meses após a morte de Aksel e explora os pequenos detalhes da vida antes da tragédia, na esperança de encontrar alguma explicação para a dolorosa situação com que passou a ter de lidar. Mas quando se depara com um novo relacionamento, Carolina sente-se reticente? Ela tem uma nova oportunidade para amar, mas será que desta vez vai resultar?

Sobre a autora
Carolina Setterwall nasceu em 1978, cresceu em Sala e vive em Estocolmo com o filho.
Depois de frequentar os cursos de Media e Comunicação na Universidade de Uppsala e em Londres, trabalhou nas áreas da música e edição como editora e escritora. Existir Depois de Ti é a sua primeira obra literária.

quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

A História de Uma Serva, Novela Gráfica, de Margaret Atwood e Renée Nault - Novidade Bertrand Editora

A História de Uma Serva

Género: Banda Desenhada / Novela Gráfica
Tradução: Rosa Amorim
Formato: 16 x 23,5cm
N de páginas: 240
Data de lançamento: 7 de fevereiro de 2020
PVP: 19,90 €
ISBN: 9789722537858

Sinopse
Tudo o que as Servas usam é vermelho: a cor do sangue, que nos define. Defred é uma Serva na República de Gileade, onde o trabalho, a leitura e a formação de amizades estão vedados às mulheres. Está ao serviço do Comandante e da sua mulher e, na nova ordem social, tem um único propósito: uma vez por mês, tem de se deitar de costas e rezar para que o Comandante a engravide, porque, numa era de nascimentos em declínio, Defred e as outras Servas são valorizadas apenas se forem férteis. Mas Defred lembra-se dos anos antes de Gileade, em que era uma mulher independente, com um emprego, uma família e um nome seu. Agora, as suas memórias e a sua vontade são atos de rebelião. Provocador, chocante, profético, A História de Uma Serva transformou-se há muito num fenómeno global. Com esta belíssima adaptação do clássico contemporâneo de Margaret Atwood, executada de forma extraordinária pela artista Renée Nault, o mundo aterrador de Gileade ganha vida como nunca antes.

Sobre a autora
Margaret Atwood é autora de mais de cinquenta livros de ficção. Além de A História de Uma Serva, os seus romances incluem Chamavam-lhe Grace, que ganhou o Giller Prize no Canadá e o Premio Mondello em Itália; O Assassino Cego, vencedor do Booker Prize; Órix e Crex, finalista do Giller Prize e do Man Booker Prize; O Ano do Dilúvio, MaddAddam; O Coração É o Último a Morrer; e, mais recentemente, Semente de Bruxa. Atwood é também cocriadora (com Johhnie Christmas) da série de novelas gráficas Angel Catbird. Vive em Toronto. Visite www.margaretatwood.ca

Sobre a ilustradora
Renée Nault é uma artista canadiana, conhecida pelas suas vívidas e oníricas ilustrações em aguarela e tinta. O seu trabalho é publicado em livros, revistas e novelas gráficas em todo o mundo. Vive atualmente em Victoria, Colúmbia Britânica.

Pode comprar o livro aqui.

quarta-feira, 22 de janeiro de 2020

Lisboa Reykjavík de Yrsa Sigurdardóttir - Reedição Quetzal

Lisboa Reykjavík

Género: Literatura/Policial e Thriller
Formato: 15 x 23,5 cm
N de páginas: 448
PVP: € 18,80
ISBN: 9789897226304

Sinopse
Despedindo-se das temperaturas agradáveis da capital portuguesa, a bordo seguem sete pessoas que enfrentarão o frio mar daquele inverno, a caminho do norte. Porém, daí a alguns dias, quando o barco entra no porto de Reykjavík, ninguém é encontrado dentro da embarcação. O que se teria passado em Lisboa, ou durante a viagem, que possa explicar o desaparecimento? Um cenário que marca o regresso da rainha do noir nórdico, um mistério sobre a escuridão do oceano, Lisboa, a família, a fama, negócios obscuros e, como sempre, o mal e a conspiração do ódio.

Yrsa Sigurdardóttir vive com a família em Reykjavík. É diretora de uma das maiores empresas de engenharia da Islândia. Os seus livros estão no topo das listas de bestsellers em todo o Mundo. Muitos deles são adaptados ao cinema e à televisão.

terça-feira, 21 de janeiro de 2020

As Senhoras de Missalonghi, de Colleen McCullough - Novidade Bertrand Editora

As Senhoras de Missalonghi


ISBN: 9789722537827
Género: Literatura / Romance
Tradução: Eugénio Santos
Formato: 15 x 23,5cm
N de páginas: 192
PVP: 15,50 €

Sinopse
Às vezes, os contos de fadas podem tornar-se realidade — mesmo para solteironas tímidas como Missy Wright. Não tão bonita como a prima Alicia, nem tão dominadora como a mãe Drusilla, parece condenada a uma vida tranquila e de pobreza em Missalonghi, a pequena herdade da família nas Montanhas Azuis da Austrália. Mas é um século inteiramente novo, um tempo para novas ideias e ações ousadas. E Missy está prestes a pôr a trabalhar todas as línguas hipócritas da cidade de Byron. Porque ela acaba de olhar para um desconhecido misterioso, desconfiado e incauto... que, embora não o parecendo, pode muito bem ser um príncipe encantado.

Sobre a autora
Colleen McCullough nasceu na Austrália em 1937. Começou a sua carreira literária com a publicação de Tim, seguido de Pássaros Feridos, um bestseller internacional que bateu todos os recordes. Ambos foram adaptados ao cinema. Além dos romances, a autora publicou duas séries. «O Primeiro Homem de Roma» retrata em seis volumes e de forma excecional a história da Roma Antiga. A série foi elogiada por muitos historiadores e políticos, incluindo Kissinger. «Carmine Delmonico» é uma série policial com dois títulos publicados pela Bertrand Editora. A autora morreu em janeiro de 2015, aos 77 anos, na ilha de Norfolk, no Pacífico, onde vivia com o marido.

Pode comprar o livro aqui.

Opinião do livro "Tim" aqui.

sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

[A minha Opinião] A Morte do Papa

A Morte do Papa


Já não é segredo para ninguém que sou, super, hiper, mega fã do trabalho do Nuno Nepomuceno. Sou sua fiel leitora desde o lançamento de "O espião português". É com enorme carinho e satisfação que tenho acompanhado o percurso do Nuno, todos estes anos. 

Quando o Nuno anunciou novo livro para 2020, dei pulos de alegria. Quando soube que era mais um livro com o charmoso professor Catalão, ainda mais animada fiquei. O professor Catalão já faz parte do leque de personagens que  muito estimo. 

Para quem não sabe, este livro é baseado em factos reais, mais precisamente, pelo mistério em torno da morte de João Paulo I. Este e mais uns quantos acontecimentos reais, serviram de inspiração à história deste livro. 

Como sempre, o Nuno Nepomuceno faz-nos viajar por diversas capitais europeias, não centrando a acção do livro somente em Lisboa. Confesso que gosto deste pormenor. Futuramente, quem sabe, não faça o roteiro das histórias do Nuno Nepomuceno. Olha que bela ideia! Quem está comigo?

Como disse anteriormente, voltamos a encontrar o professor Catalão, já nosso conhecido dos livros "A Célula Adormecida", "Pecados Santos", "A Última Ceia". Volta a ver-se envolvido em acontecimentos trágicos, desta feita dentro do coração da igreja católica. Diana, a sua mulher, está a fazer uma investigação sobre um pirata informático e acaba por arrastá-lo. A partir daí, a história caminha sempre para um crescendo de acontecimentos. 

O Nuno Nepomuceno é um mestre a criar enredos que nos prendem. Há sempre novos factos, reviravoltas, surpresas inesperadas, assuntos sensíveis, outros chocantes, para agarrar o leitor à leitura. A Morte do Papa voltou a surpreender-me e de que maneira! 

Quem futuramente ler o livro, vá preparado para tudo. O Nuno aborda neste livro temas bastante sensíveis, que serão capazes de chocar leitores mais sensíveis, ou melhor dizendo, leitores mais crentes. Faz sempre estas abordagens de maneira sensível e consciente. A mim não me chocam, porque grande parte destes temas são actuais e bastante controversos. Dou os meus parabéns ao Nuno, por ter coragem de os abordar e de uma forma bastante inteligente. 

O que posso apontar de menos bom é que, fiz a leitura demasiado rápido. Devia tê-la arrastado. Agora como é que vou sobreviver até ao próximo livro? Sempre posso aproveitar e ler os livros secretos de Adam Immanuel, Dor, Ira e Raiva. E vocês agora devem estar-se a perguntar - mas do que é que ela está a falar? Passem pelo site da Cultura Editora ou do Nuno Nepomuceno para saberem mais. 

Uma pergunta fica no ar, depois desta leitura. Terá este livro uma continuação? Ficaram muitas perguntas por responder sobre um tal escritor, de seu nome Adam Immanuel. 

Obrigada à Cultura Editora e ao Nuno Nepomuceno pelo privilégio de ler, o exemplar de avanço deste livro.

Acho que já adivinham o que vos vou dizer: LEIAM ESTE LIVRO. MAIS QUE RECOMENDADO. 

Boas leituras! 
4,5
🌟🌟🌟🌟

A Arte de Fazer Perguntas de Warren Berger - Novidade Vogais

A Arte de Fazer Perguntas

AUTOR Warren Berger
COLEÇÃO Desenvolvimento Pessoal
ISBN 9789896687922
PVP 20.99 €
1ª EDIÇÃO janeiro de 2020
PÁGINAS 352

Sinopse
Entre os 2 e os 5 anos, uma criança faz uma média de 40 mil perguntas. Ao longo deste período, o tipo de perguntas vai mudando: deixam de ser sobre factos e passam a ser pedidos de explicações. Por volta dos 4 anos, há uma explosão de ligações (sinapses) entre neurónios nos cérebros das crianças. Essas ligações chegam a atingir um milhão de triliões, ou seja, mais de três vezes o número que se encontra num cérebro adulto. 
Porque é que paramos de perguntar? * Porque é que as crianças fazem tantas perguntas? * Porque é que fazer perguntas cai a pique? * Pode construir-se uma escola com perguntas? * Se fomos feitos para perguntar, porque é que é necessário ensiná-lo? * Podemos ensinar-nos, a nós próprios, a fazer perguntas? 
Algumas empresas, pioneiras da sua área atuação, têm no seu ADN esta curiosidade infantil, uma energia inesgotável para questionar. Empresas como a Google, a Nike ou a Netflix nasceram e cresceram a partir de perguntas disruptoras.
«Estou convencido de que fazer perguntas é hoje mais importante do que era ontem — e de que será ainda mais importante amanhã —, para nos ajudar a ver o que interessa, onde estão as oportunidades e como é que lá se chega. Ansiamos todos por melhores respostas. Mas, em primeiro lugar, precisamos de aprender a fazer as perguntas certas.»

Warren Berger tem acompanhado centenas dos mais destacados inovadores, empresários e pensadores criativos do mundo para aprender como é que eles fazem perguntas, fazem nascer ideias originais e resolvem problemas. Os seus textos e as suas pesquisas sobre a interrogação e a inovação têm sido publicados nas revistas Fast Company, Harvard Business Review e Wired.
É autor de Glimmer, uma obra internacionalmente aclamada que analisa em profundidade o pensamento criativo e que faz parte da lista de Melhores Livros de Inovação e Design. É presença habitual nos programas televisivos Today Show, World News e All Things Considered (CNN). Vive com a mulher, Laura E. Kelly, em Westchester, Nova Iorque.

quarta-feira, 15 de janeiro de 2020

O avô tem uma borracha na cabeça de Rui Zink e Paula Delecave - Novidade Porto Editora

O avô tem uma borracha na cabeça

ISBN: 978-972-0-03259-1
Edição ou reimpressão: 01-2020
Editor: Porto Editora
Dimensões: 220 x 292 x 10 mm
Encadernação: Capa dura
Páginas: 48
PVP: 14,40€
Idade: 6 a 10 anos

Sinopse
O que fazer quando alguém de quem gostamos nos começa a esquecer?
Esta é a história da amizade entre um avô que lentamente vai perdendo as memórias e o neto inventor que se dedica a descobrir uma cura.
Através da sensibilidade de uma criança, chega-nos a lição mais importante: o amor é mais forte do que o esquecimento.

Sobre os autores
Rui Zink nasceu em Lisboa em 1961. Escritor e professor no Departamento de Estudos Portugueses na Faculdade da Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, é autor de uma obra diversificada e multifacetada. No âmbito da literatura publicou, entre outros, os romances Hotel Lusitano, Apocalipse Nau, O Suplente e Os Surfistas. É ainda coautor de Major Alverca, dos livros infantis da série O Bebé... e de Pornex. Publicou mais recentemente o ensaio O Manual do Bom Fascista e recebeu, em França, o prémio Utopiales para melhor romance estrangeiro, pelo livro A Instalação do Medo.
A sua obra está traduzida em inglês, alemão e hebraico, encontrando-se também publicada no Brasil.

Paula Delecave nasceu no Rio de Janeiro e reside em Lisboa. Designer, ilustradora e atriz, é formada em teatro pela Casa das Artes de Laranjeiras (CAL, Rio de Janeiro) e pós-graduada em Livro Infantil pela Universidade Católica Portuguesa.
Ilustrou o livro Que aventura ser Matilde, da Associação Pais em Rede, com texto de Rui Zink (Lisboa, 2015) e Quando João ficou sem palavras, de Ana Helena Rotta Soares (Memória Visual, Rio de Janeiro, 2017). Em Portugal, desenvolveu, em parceria com António Jorge Gonçalves, os espetáculos Frutoscópio e O convidador de Pirilampos, a partir do livro de Ondjaki.
Utiliza a colagem como linguagem gráfica, trabalhou com várias revistas e editoras no Brasil e realiza regularmente oficinas de construção de livros de família em Portugal e no Rio de Janeiro.

À Procura de Ontem de Alison Jay - Novidade Fábula

À Procura de Ontem

AUTOR Alison Jay
COLEÇÃO Fora de Coleção
ISBN 9789897079184
PVP 12.69 € 
1ª EDIÇÃO janeiro de 2020
EDIÇÃO ATUAL 1.ª
PÁGINAS 32
APRESENTAÇÃO capa dura
DIMENSÕES 245x245x8 mm
IDADE 6+

Sinopse
Um rapaz decide ir à procura de ontem, pois foi o seu melhor dia de sempre. Para isso, usa todo o seu conhecimento científico na tentativa de voltar ao passado, mas sem sucesso.
É então que vai ter com o avô e lhe pede ajuda. Este vai mostrar-lhe que mais importante do que voltar a ontem é viver plenamente o hoje. Todos gostamos de guardar as boas recordações de experiências passadas, mas o melhor ainda pode estar para vir. Há que aproveitar tudo o que de bom o dia de hoje nos pode trazer.
Um livro feliz e nostálgico, com ilustrações num estilo muito original, que nos conta uma história com espírito caloroso e reconfortante sobre a relação próxima e os fortes laços familiares entre avós e netos.

Alison Jay é uma autora inglesa que estudou design gráfico na London College of Communication e se especializou em ilustração. 
Foi nomeada para o prémio Kate Greenaway duas vezes. Trabalha com tinta a óleo de secagem rápida. Por vezes, reveste a ilustração com camadas de verniz para dar um efeito envelhecido.

terça-feira, 14 de janeiro de 2020

As aves não têm céu de Ricardo Fonseca Mota - Novidade Porto Editora

As aves não têm céu

ISBN: 978-972-0-03192-1
Edição ou reimpressão: 01-2020
Editor: Porto Editora
Encadernação: Capa mole
Páginas: 184 
PVP: 16,60€

Sinopse
Um homem vagueia pelas noites insones, revisitando o passado e a culpa que lhe vai consumindo os dias. A mulher trocou-o por outro e levou consigo a sua única filha, ainda pequena. Na semana de férias em que finalmente pode estar com ela, sofrem um acidente de viação que resulta na morte da filha.
A culpa e o passado cruzam-se neste romance feito de gente que vive no escuro, como o taxista que várias vezes apanha este pai e o transporta pela cidade silenciosa, e os dois companheiros com quem desde a morte da filha partilha o espaço.
Vencedor do Prémio Revelação Agustina Bessa-Luís 2015, Ricardo Fonseca Mota regressa à ficção com As aves não têm céu, um romance lírico que vem dar voz às sombras que se escondem nos recantos mais obscuros da alma humana.

Ricardo Fonseca Mota nasceu em Sintra em 1987, cresceu em Tábua e acabou de crescer em Coimbra.
O seu primeiro romance Fredo venceu o Prémio Literário Revelação Agustina Bessa-Luís em 2015, foi semifinalista do Oceanos – Prémio de Literatura em Língua Portuguesa em 2017, e está traduzido e publicado na Bulgária. Representou Portugal na 17ª edição do Festival do Primeiro Romance, em Budapeste.
As aves não têm céu é o seu segundo romance.
Formado pela Universidade de Coimbra, é autor, psicólogo clínico e promotor cultural.  

A Rapariga que Sobreviveu de Leslie Wolfe - Novidade Alma dos Livros

A Rapariga que Sobreviveu

ISBN: 9789898999115
Ano de edição ou reimpressão: 01-2020
Editor: Alma dos Livros
Encadernação: Capa mole
Páginas: 320
PVP: 17,45€

Sinopse
Laura testemunhou a morte da família, mas o choque apagou-lhe da memória tudo o que aconteceu nessa fatídica noite. O assassino pode ser qualquer pessoa. Enquanto a polícia procura que ela se recorde do que sucedeu, o homicida vai tentar matar a única testemunha viva do crime: ela.
Por puro instinto de sobrevivência, a menina de cinco anos escondeu- se até que os gritos acabassem. A seguir, um silêncio mortal invadiu a casa. Isto foi há quinze anos. Durante esse tempo, Laura Watson acreditou que o assassino da família se encontrava preso, aguardando a execução no corredor da morte. Mas, enquanto tenta seguir com a vida junto da família adotiva, não consegue libertar-se do medo e da incerteza de um dia se lembrar do que ocorreu. Quando uma aclamada psicóloga propõe a Laura ajudá-la a recuperar as lembranças, ela aceita, ansiosa por lançar alguma luz sobre o seu passado adormecido.
O que não sabe é que, quanto mais mergulha nas memórias, mais se torna um alvo para o assassino, que está à solta e não pode permitir que a verdade seja desvendada.

Leslie Wolfe é uma escritora norte-americana cujos livros se tornaram bestsellers e cujo trabalho tem sido elogiado pelos leitores e pela crítica, desfrutando de um sucesso e reconhecimento crescentes, com solicitações diversas, incluindo da indústria cinematográfica de Hollywood. Os romances de Leslie quebram o molde dos thrillers tradicionais, surpreendendo pela notável compreensão da natureza humana e pela forma invulgar como retratam os ambientes, as situações e as personagens.
Fascinada por tecnologia e psicologia, Leslie aproveita a sua vasta experiência e pesquisa nessas áreas a fim de fortalecer e adicionar ingredientes extra aos seus livros. Começou a escrever ainda menina; no entanto, adiou as suas aspirações a escritora durante algum tempo para ser empresária. Porém, perante o crescente sucesso como escritora, decidiu abandonar a atividade, refugiar-se em casa, que apelida carinhosamente «cova dos lobos», e dedicar-se a tempo inteiro à sua verdadeira paixão. Leslie Wolfe mora na Florida com o marido, «o Wolfe», e o seu cão.

sexta-feira, 10 de janeiro de 2020

E se formos nós, de Adam Silvera e Becky Albertalli - Novidade Topseller

E se formos nós

AUTOR Adam Silvera e Becky Albertalli
COLEÇÃO Literatura Traduzida
ISBN 9789896687427
PVP 18.79 € 
1ª EDIÇÃO janeiro de 2020
EDIÇÃO ATUAL 1.ª
PÁGINAS 400
APRESENTAÇÃO capa mole

Sinopse
ARTHUR só vai ficar em Nova Iorque durante o verão, mas ele acredita que isso não é impedimento para conhecer o grande amor da sua vida. Tal como entoam os musicais da Broadway de que Arthur tanto gosta, o universo pode fazer surgir uma paixão a qualquer momento, quando menos se espera…
BEN não acredita no amor. Ele só quer distância das conspirações do universo e dos seus planos secretos. Porque se o universo fosse realmente seu aliado, ele ainda estaria numa relação e não no posto dos correios para devolver todos os pertences do seu ex-namorado.
Um dia, ARTHUR e BEN cruzam-se. Um encontro aparentemente banal dá início a uma história de amor cheia de emoções fortes, percalços, contrariedades e desafios. Mas, afinal, o que terá o universo reservado para estas duas almas apaixonadas? Talvez nada. Talvez TUDO!

Sobre os autores:
Adam Silvera é autor bestseller do New York Times. Entre outros, escreveu No Final, Morrem os Dois (Topseller, 2019). Vive em Los Angeles.
Sabe mais em: www.adamsilvera.com

Becky Albertalli é autora bestseller do New York Times. O seu livro de estreia, O Coração de Simon Contra o Mundo (Porto Editora, 2017), foi agraciado com o prémio William C. Morris, selecionado para a longlist do National Book Award e adaptado ao cinema. Vive em Atlanta com a família.