domingo, 29 de dezembro de 2019

Desafio de Leitura Manta de Histórias 2020



Olá leitores! 

Graças ao vosso entusiasmo por este desafio de leitura, comecei a planeá-lo já em Agosto. Tive muitas sugestões dos leitores para possíveis categorias e, muitas delas, figuram neste desafio. Tentei que fossem novas categorias, para que também pudéssemos ler coisas novas. 

O desafio tem início a 1 de Janeiro e termina a 31 de Dezembro. Temos 32 categorias obrigatórias e já sabem que têm de ler 32 livros. Um mesmo livro não serve para várias categorias. A novidade deste ano 2020 são as categorias extra. Caso terminem as categorias obrigatórias e queiram fazer mais leituras, têm mais 6 categorias para preencher. 

Quanto à partilha das leituras feitas, poderão fazê-lo nas vossas redes sociais, identificando o blogue ou usando o hashtag #desafiodeleituramantadehistorias20. Ou então podem juntar-se ao grupo Clube de Leitura Manta de Histórias e partilhar as leituras feitas. 

Em caso de dúvida, não hesitem em deixar cá os vossos comentários. 

Agora o que quero mesmo saber é se conto convosco. Sim?

Deixem os vossos comentários. Digam-me se gostam do desafio. Se irão participar. As vossas categorias favoritas. As categorias que acham mais difíceis. Contem-me tudo!

Bom desafio e boas leituras!   

segunda-feira, 23 de dezembro de 2019

Boas Festas!


Boas Festas a todos vós!
🎄
Que haja muito amor, saúde e no sapatinho, muitos livros para desembrulhar.
🎁
Obrigada por todo o vosso apoio e entusiasmo, a esta Manta de Histórias.
📚

quarta-feira, 18 de dezembro de 2019

[A minha Opinião] O que nos magoa


Um dos objectivos a que me propus este ano, é ler mais escritores portugueses. Inclusive, como já todos os leitores do blogue devem saber, há um desafio de leitura a decorrer, o Lê Português. Como tal, este novo livro, do jovem autor português Diogo Simões, integra-se na perfeição nesse desafio. 

Este não é o primeiro livro escrito pelo autor, que já conta com alguns livros no seu reportório. No entanto é a minha primeira abordagem à escrita do Diogo Simões. 

Não classificaria este livro como um romance. Na minha opinião é um livro que se integra perfeitamente no género jovem adulto. Os protagonistas são jovens na faixa etária dos 17, 18 anos. Atravessam algumas dificuldades tanto a nível pessoal, escolar ou social. Lidam ou estão expostos a situação de exclusão social, bullying, abandono familiar. São abordados outros temas sensíveis como sexualidade, drogas, pobreza e exclusão social. 

O livro apresenta-nos a história de dois jovens, a Francisca e o Daniel. Jovens com idades muito próximas, mas com realidades sociais muito diferentes. Francisca vive com a sua mãe, estuda e trabalha durante o verão na pequena livraria da mãe, O Cantinho das Letras. Francisca anseia ir para a universidade, mesmo não sabendo ainda bem para que curso. Mas anda sempre atormentada, inquieta, porque precisa que a sua mãe lhe dê algumas respostas sobre o abandono do seu pai. Daniel vive com os seus avós, depois de ser abandonado em tenra idade pelos pais. Passa por todo o tipo de dificuldades em casa. Não tem ambição de continuar os estudos, porque não tem forma de os pagar. Apesar de ter o coração no lugar certo, dá-se com as pessoas erradas e tem comportamentos desviantes. 

Esta história, contada a duas vozes, por Francisca e Daniel, transporta o leitor para duas realidades sociais completamente opostas. Realidades que o autor foi buscar, a muitas das suas experiências como assistente social estagiário. Neste caso é Francisca, que se depara com um Daniel misterioso, e que vai descobrindo aos poucos, a dura realidade de vida de Daniel.

Gostei da escrita do autor, fluída e de fácil leitura. Do facto de ter abordado temas sensíveis e muitas vezes ignorados socialmente. Da história nos levar a reflectir e de apelar à nossa atenção. De alguns apontamento de humor presentes na história. Sendo eu uma leitora, adorei que um dos cenários escolhidos, tenha sido uma livraria. 

Do que menos gostei, foi do facto de logo no início da narrativa, nas entrelinhas, o autor revelar algo da história, que se continuasse em segredo, teria conseguido o efeito surpresa desejado. Talvez a intenção do autor não fosse essa. Acho que faltaram momentos surpreendentes, arrebatadores. 

No geral, é um livro que cumpre o seu propósito, entreter, informar, sensibilizar e tornar-nos pessoas mais atentas às realidades que nos rodeiam. Porque quando olhamos para uma pessoa não conhecemos as suas dores e lutas diárias. 

Boas leituras!  

sexta-feira, 13 de dezembro de 2019

Diogo Piçarra - Anjos ft. Carolina Deslandes

quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

Rodopio de Mário Zambujal - Novidade Clube do Autor

Rodopio

ISBN: 9789897245060
Edição ou reimpressão: Novembro de 2019
Páginas: 252
Dimensões: 23.50 x 15.50 x 0.00 cm
Peso: 300
PVP: 16,00€

Sinopse
O amor acontece em todo lado, sobretudo na vida dos protagonistas destas histórias, homens e mulheres normais a quem sucedem encontros extraordinários. Há paixões que nascem em bancos de jardim, e logo são inscritas no tronco de uma árvore, à mesa de estabelecimentos comerciais, na praia, a bordo de um avião ou mesmo no trânsito. Algumas são eternas, e delas nascem casamentos e outras arrelias; outras estão condenadas como as árvores do parque onde foram inscritos os nomes dos enamorados. Também há histórias de amizade e companheirismo, enredos com laivos de intriga policial e outros de tragédia grega.
Os contos, crónicas e romances de Mário Zambujal conquistaram os leitores pelo seu estilo singular, marcado pelo humor e pela irreverência, uma originalidade que não se perde na diversidade da obra. Este livro reúne textos escritos ao longo dos anos para várias publicações, incluindo a revista Tempo Livre e o Diário de Notícias. A obra fecha com o texto da comunicação de Mário Zambujal no Encontro de Escritores de Língua Portuguesa na cidade de Natal (Brasil) inserida no tema «Erotismo e Pornografia». Perante uma plateia de centenas de universitários e participantes de todas as idades, o texto escrito e lido por Mário Zambujal recebeu entusiásticos aplausos. 

Mário Zambujal, escritor e jornalista português, é autor de textos para teatro, televisão e rádio. Crónica dos Bons Malandros, publicado pela primeira vez em 1980, marca a sua estreia na literatura e o início de uma obra que tem conquistado sucessivas gerações de leitores. Seguiram-se Histórias do Fim da Rua, À Noite Logo se Vê, Fora de Mão, Primeiro as Senhoras, Já Não se Escrevem Cartas de Amor, Uma Noite Não São Dias, Dama de Espadas, Longe é um Bom Lugar, Cafuné, Serpentina, Talismã e Romão e Juliana, o seu mais recente livro.
Atual presidente do Clube de Jornalistas, Mário Zambujal foi jornalista d’ A Bola e d’ O Jornal, subchefe de redação de O Diário de Lisboa, chefe de redação de O Século, diretor-adjunto do Record, diretor do Mundo Desportivo e dos semanários Se7e e Tal & Qual, subdiretor do Canal 2 da RTP e apresentador de diversos programas de televisão.

quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

O Que nos Magoa de Diogo Simões - Novidade Cordel D' Prata


ISBN: 9789899003095
Ano de edição ou reimpressão: 12-2019
Editor: Cordel D' Prata
Dimensões: 140 x 220 x 25 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 348
PVP: 16,00€
Disponível a 14 de Dezembro 

Sinopse
Tudo o que Francisca desejava como prenda de aniversário era descobrir o que a vida lhe reservava para o futuro. Na noite em que completa dezoito anos, conhece Daniel, um jovem que lhe desperta novos sentimentos. Com um passado recheado de medos, Francisca deixa-se envolver pelo rapaz misterioso, que parece saber tudo sobre ela. O que não imagina é que os seus caminhos já se cruzaram antes e Daniel, que aparentava agir por mera inocência tem, na verdade, um segredo capaz de aprisioná-la na memória mais marcante da sua vida.

Diogo Simões nasceu e cresceu em Leiria onde reside com os seus pais e irmão.
Descobriu os livros aos dez anos e, desde então, maravilha-se com o poder das histórias.
Sendo a vida uma aventura, passa os seus dias ora a descobrir a cidade do Porto, que o acolheu na sua vida académica, onde termina o seu Mestrado em Intervenção com Crianças e Jovens em Risco, ora submerso em histórias sem fim...
Em tudo procura inspiração para escrever, tendo publicado em 2014 o romance O Bater do Coração, e em 2017 termina a publicação da sua serie P.S.: Ficas Comigo?, na plataforma literária Wattpad.
Ainda assim a sua inspiração não lhe permitiu parar, levando-o mais além numa nova história, toda ela envolta em problemas sociais com os quais se depara diariamente.

sexta-feira, 29 de novembro de 2019

O livro dos curiosos - Novidade Contraponto

O livro dos curiosos

Género: História / História em Geral
Formato: 15 x 23,5 cm
No de páginas: 344
PVP: 17,70 €
ISBN: 9789896661724
Data de publicação: 15 de novembro de 2019

Sinopse
- Sabia, por exemplo, que já há drones há mais de 100 anos? E que a televisão nasceu num campo de batatas? Ou que foram os Monty Python a criar o spam?

- Faz ideia de quem são os ossos da Capela de Évora? E que a escritora Agatha Christie fosse surfista? Ou que o grande Van Gogh só tenha conseguido vender um dos seus quadros em vida?

- Tem a noção de que é graças ao deus Thor que existe a árvore de Natal? E sabia que a roupa vermelha do Pai Natal se deve à Coca-Cola?

- E, se gosta de desporto, sabe há quantos anos arde a chama olímpica? E que um jogador da Ovarense veio a ganhar a NBA? Ou que o primeiro jogo de futebol em Portugal foi na Camacha, na Ilha da Madeira? Ou ainda que há um ex-futebolista que é Presidente da República?

- Alguma vez imaginou que a Universidade Coimbra já tenha sido em Lisboa? E que a China é o maior produtor mundial de cerveja? Que há uma estátua com o dobro da altura da Estátua da Liberdade? Que a terceira maior ponte da Europa fica em Portugal e não é a Ponte Vasco da Gama? Ou que o Museu do Prado foi fundado por uma portuguesa? Ou ainda que a Microsoft já salvou a Apple?

E, por fim, sabia que, n’O Livro dos Curiosos, há centenas de perguntas dos temas mais variados – nacionais, internacionais e até espaciais – com respostas rigorosas e factuais que o vão deixar surpreendido e muito mais informado?

quinta-feira, 28 de novembro de 2019

O Rapaz de Auschwitz de Steve Ross - Novidade Clube do Autor

O Rapaz de Auschwitz

ISBN: 9789897245084
Ano de edição ou reimpressão: 11-2019
Editor: Clube do Autor
Dimensões: 155 x 235 x 10 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 248
PVP: 16,50€

Sinopse
Um testemunho da capacidade de superação do ser humano.
Esfomeado, espancado e molestado assim foi a vida de Steve Ross nos anos que passou nos campos de morte de Hitler. Ross nunca perdeu a esperança, mesmo quando foi deixado inconsciente numa pilha de corpos para incinerar.
Sobreviveu a 10 campos de concentração e esta obra é o seu testemunho de dor e de crueldade, mas também uma demonstração da resiliência e da capacidade de superação do ser humano.

Steve Ross nasceu em 1931 e em 1940 foi levado pelos nazis para o campo de trabalhos forçados em Budzyn, o primeiro de dez campos de trabalho ou de extermínio por onde passou ao longo dos anos seguintes até à sua libertação, em 1945.

quarta-feira, 27 de novembro de 2019

És Capaz de Guardar um Segredo? de Sophie Kinsella - Reedição Quinta Essência

És Capaz de Guardar um Segredo?

ISBN: 9789896607005
Ano de edição ou reimpressão: 11-2019
Editor: Quinta Essência
Dimensões: 155 x 235 x 35 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 424
PVP: 16,90€

Sinopse
Emma é uma rapariga como outra qualquer. Tem os seus pequenos segredos...
Emma esconde...
Da mãe:
"Perdi a virgindade no quarto de hóspedes, com o Danny Nussbaum, enquanto a minha mãe e o meu pai estavam no andar de baixo a ver o Ben Hur."
Do namorado:
"Peso 59 quilos em vez de 53, como pensa o meu namorado."
Das Colegas:
"Fui eu quem encravou a fotocopiadora, naquele dia. E em todos os outros também.";
Segredos que não partilha com mais ninguém neste mundo...
"As cuecas de fio dental magoam-me";
"Falsifiquei a nota de matemática no meu CV"
... até ao dia em que os confessa tudo a um estranho num avião. Pelo menos, pensava que era um estranho...

Sophie Kinsella é escritora de romances e foi anteriormente jornalista na área financeira.
O seu primeiro livro, Louca por Compras, é um best seller internacional e encontra-se numa adaptação cinematográfica da Walt Disney Motion Pictures, produzida por Jerry Bruckeimer.
Kinsella é ainda autora de onze livros e é considerada uma das mais populares autoras de ficção ligeira do momento.
Vive em Londres com a sua família.

terça-feira, 26 de novembro de 2019

A Filha da Madrasta de Jennifer Donnely - Novidade Chá das Cinco

A Filha da Madrasta

Chancela: Chá das Cinco
Data 1ª Edição: 15/11/2019
ISBN: 9789897103513
Nº de Páginas: 320
Dimensões: [160x230]mm
Encadernação: Capa Mole

Sinopse
Isabelle deveria estar feliz – afinal, está prestes a ficar com o príncipe. Mas Isabelle não é a bela rapariga que perdeu o sapato de cristal e ganhou o coração do príncipe. Ela é a meia-irmã feia que cortou os dedos para que o sapato da Cinderela lhe servisse. Quando o príncipe descobre o engodo, Isabelle fica devastada pela vergonha. Afinal, ela é apenas uma rapariga comum num mundo que só valoriza a beleza; uma jovem forte num mundo que a quer submissa.
Isabelle tentou mudar, cumprir as expectativas da mãe. Ser como a sua meia-irmã. Doce. Bonita. Um a um, desfez-se de pedaços de si para sobreviver num mundo que não valoriza uma rapariga como ela. E isso tornou-a má, ciumenta e vazia. Até que Isabelle tem a oportunidade de alterar o seu destino e provar que é preciso mais do que um coração partido para vergar uma rapariga.

Jennifer Donnelly é uma reconhecida autora de livros para jovens e ganhou a Carnegie Medal com a obra A Northern Light. Nos contos de fadas, as suas personagens preferidas sempre foram os vilões, e quando começou a escrever quis dar-lhes voz, contando o outro lado das suas histórias. Pode consultar a página da autora em www.jenniferdonnelly.com.

segunda-feira, 25 de novembro de 2019

O Papagaio de Flaubert de Julian Barnes - Reedição Quetzal

O Papagaio de Flaubert

Género: Literatura/Romance
Formato: 15 x 23,5 cm
N.o de páginas: 248
PVP: € 16,60
ISBN: 9789897226298

Sinopse
Médico reformado e viúvo, Geoffrey Braithwaite viaja até Rouen, em França, para descobrir mais sobre o escritor Gustave Flaubert. Uma obsessão que o leva numa peregrinação que tem tanto de irónica quanto de filosófica e cujo ponto de partida é o papagaio embalsamado que serviu de modelo a Flaubert durante a escrita de um dos seus romances. 
Aquilo que seria apenas uma viagem de reconhecimento, transforma-se numa lição sobre os defeitos, manias, tiques insuportáveis, vaidades e medos do escritor (e de todos os escritores), da sua história de amor com Louise Colet e até do próprio casamento de Geoffrey Braithwaite com a falecida Ellen. Um romance magistral sobre o que falha e o que não tem sentido na vida, sobre os segredos que a rodeiam e que lhe dão sentido. Tudo para concluir que a vida verdadeira é a vida que vem nos livros. Porque é a única que se pode interrogar.
Publicado pela primeira vez em 1984, O Papagaio de Flaubert é um dos mais aclamados livros do britânico Julian Barnes, que a Quetzal Editores agora reedita, com tradução de Ana Maria Amador.

Julian Barnes nasceu em Leicester em 1946. É autor de mais de uma dezena de livros, entre eles O
Papagaio de Flaubert (Prémios Femina e Médicis), Nada a Temer, O Sentido do Fim, Os Níveis da Vida, O Ruído do Tempo e A Única História, todos publicados pela Quetzal. A sua obra está traduzida em trinta idiomas, e três dos seus romances foram finalistas do Booker Prize, prémio que distinguiu O Sentido do Fim. Foi ainda galardoado com o Prémio do Estado da Áustria para escritores estrangeiros e com o David Cohen Prize. Julian Barnes foi casado com a agente literária Pat Kavanagh até à morte desta em 2008. Vive em Londres. 

sexta-feira, 22 de novembro de 2019

Diário da Coreia do Norte de Michael Palin - Novidade Bizâncio

Diário da Coreia do Norte

ISBN: 9789725306352
Nº de páginas: 208
PVP: 18,00€
Encadernação: Capa mole com badanas                    
Formato: 15,5X23,5cm

Sinopse
«A nossa forma de vida baseia-se na liberdade de expressão — digo à minha guia. — As pessoas podem ser tão desagradáveis quanto lhes apeteça acerca dos seus líderes. No meu país, podemos criticá-los se fizerem algo errado e, como quaisquer seres humanos, eles cometem frequentemente erros.
So Hyang responde sem hesitar.
— É isso que nos torna tão diferentes. Os nossos líderes são muito grandes. Não são indivíduos. Representam as massas, por isso, não podemos criticar-nos a nós mesmos, não é?». 
Em Maio de 2018, Michael Palin decidiu visitar a Coreia do Norte. Partiu com a equipa de filmagens para nos revelar como se vive no país mais fechado do mundo.
Neste livro partilha com o leitor talvez a mais ousada e peculiar das suas viagens.

quinta-feira, 21 de novembro de 2019

O Pequeno Cavaleiro que Combatia Monstros de Gilles Tibo e Geneviève Després - Novidade Bizâncio

O Pequeno Cavaleiro que Combatia Monstros

ISBN: 9789725306369
Nº de páginas: 36
PVP: 12,50€
Encadernação: Capa dura
Formato: 21X25,50cm

Sinopse
No reino do pequeno cavaleiro, no cimo da floresta, não existem inimigos, pelo que, o pequeno cavaleiro não tem batalhas para travar. Passa os seus dias a ler e a plantar flores e as noites a sonhar.
Um dia acorda com umas fortes pancadas na porta do seu castelo. Os trigémeos tinham sido sequestrados!
O valente pequeno cavaleiro parte, então, para a floresta à procura dos monstros que os têm cativos.
Será ele capaz de enfrentar o o terrível monstro, a bruxa malvada e o fantasma assustador, e salvar os seus súbditos?
Depois de O Pequeno Cavaleiro Que Tinha Medo da Chuva, chega agora o segundo livro desta magnífica série,  onde, numa narrativa simples e com belíssimas ilustrações, os mais pequenos vão poder encontrar valores como a amizade, a empatia, a compreensão e a valentia.

quarta-feira, 20 de novembro de 2019

A vida sonhada das boas esposas de Possidónio Cachapa - Companhia das Letras

A vida sonhada das boas esposas

A vida sonhada das boas esposas 
De Possidónio Cachapa
Companhia das Letras
ISBN 978-989-665-909-7
200 páginas
PVP c/IVA 16,50€

Sinopse
Madalena viveu, durante décadas, uma vida exclusivamente dedicada a um marido que nunca a amou, à casa que não escolheu e a filhos que pouco se importavam com ela. A morte súbita do marido e o segredo que lhe foi desvendado levam-na a embarcar num navio de cruzeiro, que vai alterar a sua perspectiva de vida e o olhar sobre si própria. A par das amigas hilariantes de carne e osso, as personagens dos romances de Corín Tellado ou Emily Brontë saltam das prateleiras para lhe assombrar os sonhos e fazer questionar o seu direito a ser finalmente livre. O encontro com um galã hiper-romântico, semelhante aos dos livros que a tinham feito sonhar, e um tsunami muito real colocarão definitivamente em causa a possibilidade de voltar a ocupar o lugar de viúva recatada e submissa a que parecia condenada.

Possidónio Cachapa é escritor, argumentista e realizador português. Nasceu e cresceu em Évora, antes de partir para os Açores e daí seguir para outras paragens. Autor de diversos romances, contos e novelas, entre os quais se contam Nylon da minha aldeia (1997), adaptado ao cinema, Materna Doçura (1998), Viagem ao coração dos pássaros (1999), Segura-te ao meu peito em chamas (2003), Rio da Glória (2007)e  O mundo branco do rapaz-coelho (2009) e Eu sou a árvore (2016), que marcou o seu regresso ao romance depois de nove anos sem publicar. A sua obra está traduzida em vários países, sendo objecto de teses universitárias internacionais e de adaptações a vários géneros artísticos.
Entre outros filmes, realizou Adeus à Brisa, sobre a vida e obra de Urbano Tavares Rodrigues.
Na Companhia das Letras estão publicados os romances Eu sou a árvore, O mar por cima, Materna doçura e A vida sonhada das boas esposas.

terça-feira, 19 de novembro de 2019

Tundavala de Paula Lobato de Faria - Novidade Clube do Autor

Tundavala

Tundavala
De Paula Lobato de Faria
356 Págs.
PVP: 17,00€

Sinopse
O destino separa as duas primas, Cristiana e Lourença, próximas desde crianças. Estamos em 1966, e a primeira é dona de casa e mãe de três filhos em Lisboa, enquanto a segunda segue a carreira de enfermeira-paraquedista na guerra em Angola. O quotidiano das suas vidas desenrola-se em cenários opostos, tal como acontecia entre a Metrópole e as Colónias durante a guerra do Ultramar.
Portugal encontra-se na agonia do salazarismo; o país vive a censura e a repressão da PIDE, abafando escândalos sexuais, massacres e atentados aos direitos humanos nos territórios em guerra. As únicas notícias credíveis chegam através da imprensa estrangeira.
Enquanto os acontecimentos políticos fervilham no final do regime, as vidas de Cristiana e de Lourença sofrem o embate de encontros e reencontros inesperados que as podem transformar para sempre.
Miguel, o marido de Cristiana, não é quem ela pensava e a descoberta de uma carta antiga fá-la perceber como ele manipulou o seu futuro com Nils, o seu grande amor. Por seu turno, Lourença, refugiada em África há anos, teme não conseguir libertar-se da paixão pelo primo João, casado e a viver em Lisboa.

sexta-feira, 15 de novembro de 2019

O Armazém de Rob Hart - Novidade Saída de Emergência

O Armazém

Chancela: Saida de Emergência
Coleção: BANG  Nº: 322
Data 1ª Edição: 08/11/2019
Nº de Páginas: 384

Sinopse
Paxton nunca pensou que trabalharia como segurança para a Cloud, o gigante da tecnologia que domina a economia americana depois do desaparecimento do comércio tradicional na sequência de uma série de assassínios em massa. Muito menos que se mudaria para as instalações em expansão onde é possível viver e trabalhar. Mas quando se compara com tudo o resto que existe, a Cloud não é assim tão má. E quando conhece Zinnia, as coisas melhoram com a esperança de um futuro partilhado. Mas Zinnia não é o que parece. E Paxton, com acesso a credenciais de segurança, é o peão perfeito para ela descobrir os segredos mais negros da empresa. À medida que a verdade sobre a Cloud se vai revelando, ambos terão de perceber até onde a empresa está disposta a ir para tornar o mundo num lugar melhor.

Rob Hart trabalhou como editor, jornalista na área política e diretor de comunicação. O seu romance O Armazém já foi traduzido em mais de vinte países. Vive em Nova Iorque com a mulher e a filha. Pode consultar a página do autor em robwhart.com.

quinta-feira, 14 de novembro de 2019

Zé Pedro Uma biografia de André Rito e Pedro Lourenço - Novidade Suma de Letras

Zé Pedro Uma Biografia

Zé Pedro- uma biografia
André Rito e Pedro Lourenço
ISBN 978-989-665-844-1
110 páginas
PVP 18,80€

Sinopse
Nasceu José Pedro Amaro dos Santos Reis com três quilos e oitocentos. Um bebé de cabelo castanho claro e olhos azuis.
Para todos é simplesmente Zé Pedro, sem apelido, porque o País inteiro sabe quem é. Foi (e continua a ser) um dos maiores nomes do rock nacional, fundador dos Xutos&Pontapés, guitarrista intrépido e um dos mais gentis ícones portugueses.
Nesta biografia ilustrada (e Zé Pedro adorava ilustração) ficamos a conhecer a vida do artista com pormenores divertidos e comoventes partilhados pelos que lhe eram mais próximos.
Zé Pedro continua vivo para sempre na história da música portuguesa e no coração de todos a quem tocou com o seu sorriso fácil e olhos azuis brilhantes.

Sobre os autores
André Rito nasceu em Braga, em 1977. Licenciado em Ciências da Comunicação, é jornalista desde 2003, ano em que começou a colaborar com o semanário Tal&Qual. Foi um dos fundadores do jornal i, trabalhou no Diário de Notícias, escreveu e publicou um pouco por toda a imprensa nacional.
Foi repórter da revista SÁBADO dedicando-se sobretudo a temas de cultura e justiça. É autor da biografia "Diários de um Gangster Português" (Oficina do Livro), uma investigação à vida de um criminoso do século passado, e colaborou na trilogia "Lx 60, 70 e 80".
É também músico, estudou bateria e percussão na Escola de Jazz do Porto, compondo regularmente para teatro, performance e vídeo. Apresentou-se ao vivo no Festival Literário Internacional de Óbidos, em 2016.
Ilustrador e músico, Pedro Lourenço tem na última década desenhado para marcas e publicidade, promotoras de concertos, editoras e bandas, e publicado o seu trabalho em livros, jornais e revistas, incluindo publicações de referência internacionais como o «The New York Times», «The Village Voice» e a «Rolling Stone». Em simultâneo têm desenvolvido um corpo de trabalho autoral. Nasceu em 1976 em Lisboa, lugar onde ainda vive e trabalha.

quarta-feira, 13 de novembro de 2019

Uma proposta arriscada de Eloisa James - Novidade Topseller

Uma proposta arriscada

AUTOR Eloisa James
COLEÇÃO Eloisa James
ISBN 9789896687441
PVP 17.69 € 
1ª EDIÇÃO novembro de 2019
EDIÇÃO ATUAL 1.ª
PÁGINAS 368
APRESENTAÇÃO capa mole

Sinopse
Para a bela e espirituosa Lavinia Gray, só há uma coisa pior do que ter de pedir ao terrível Parth Sterling que se case com ela: ser rejeitada por ele. Mas Parth, o solteiro mais rico de Inglaterra, não se casará com uma mulher tão imprudente e obcecada pela moda quanto Lavinia; ele escolheu uma noiva muito mais adequada.
Porém, quando Parth descobre as tristes circunstâncias que levaram ao pedido desesperado de Lavinia, oferece-se para lhe encontrar um marido. Melhor ainda: ele tentará que um autêntico príncipe se case com ela. Como sempre, não há problema que Parth não consiga resolver. Mas quanto mais tempo ele passa com a sedutora Lavinia, mais ele se pergunta…
Porque é que a mulher errada fica tão bem nos seus braços? 

Eloisa James é uma autora norte-americana, bestseller do New York Times e do USA Today.
Os seus livros, com milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, têm sido alvo de vários elogios e prémios, como o Prémio RITA para Melhor Romance, atribuído pela Associação Americana de Escritores de Romance.
Além de escrever, Eloisa James leciona Literatura Inglesa em Nova Iorque, onde vive com a família. É mãe de dois filhos e, numa grande ironia para uma escritora de romances, é casada com um cavaleiro italiano autêntico.
Mais sobre a autora em www.eloisajames.com

FINNEAS - Shelter

O Bloco das Crianças de Otto Kraus - Editorial Presença



Subtitulo Um romance baseado na verdadeira história de um sobrevivente de Auschwitz
Data de publicação 16-10-2019
Colecção Grandes Narrativas
Número na coleção 725
Edição 1
Número de páginas 256
ISBN 9789722364720

Sinopse
Um romance autobiográfico sobre o bloco das crianças no campo de Auschwitz-Birkenau, da autoria de um sobrevivente do holocausto.
Dormíamos num beliche para quatro pessoas mas, em alturas de sobrelotação, éramos sete e por vezes oito de cada vez. Havia tão pouco espaço que, quando um de nós precisava de aliviar a pressão no corpo, tínhamos todos de nos virar num emaranhado de pernas, peitos e barrigas ocas como se fôssemos uma criatura com vários membros, um deus hindu ou uma centopeia. Desenvolvemos uma relação de intimidade, não só física, mas também mental porque sabíamos que, embora não tivéssemos saído todos do mesmo útero, iríamos certamente morrer juntos.
Alex Ehren é um poeta, prisioneiro e professor no bloco 31 de Auschwitz-Birkenau, o bloco das crianças. Ele passa os dias a esforçar-se por sobreviver enquanto dá aulas ilegalmente às crianças do seu grupo, tentando protegê-las o melhor que pode dos horrores inconcebíveis do campo. Mas tentar ensinar as crianças não é a única atividade ilegal em que Alex está envolvido. Ele escreve um diário...
O romance autobiográfico de Otto Kraus, um sobrevivente do holocausto, foi originalmente publicado com o título The Painted Wall. Narra a história verídica de várias centenas de crianças judias que viveram no campo de Auschwitz-Birkenau entre 1943 e 1944.

Saiba mais sobre o livro no site da Editorial Presença aqui.

terça-feira, 12 de novembro de 2019

O Ano do Pensamento Mágico de Joan Didion -Novidade Cultura Editora

O Ano do Pensamento Mágico

Autor Joan Didion
Editora Cultura Editora
ISBN 9789898979360
Edição ou reimpressão 11-2019
Encadernação Capa dura
Páginas 182
Dimensões 150 × 230 × 10 mm
PVP: 15,50€

Sinopse
“A vida muda num instante. Num dia normal.”
É assim que Joan Didion inicia a sua viagem pela memória do ano mais transformador da sua vida, começando na noite em que o seu marido, o escritor John Dunne, com quem foi casada mais de 30 anos, morre de ataque cardíaco, e a sua única filha está em coma no hospital. Com uma escrita tão assertiva como limpa, tão honesta como desarmante, Didion investiga os vivos que sobrevivem aos mortos, revelando, através da sua experiência pessoal, aquilo que é universal a todos: a dor da perda, a necessidade da superação quando tudo parece inútil.
Num registo por vezes jornalístico, recorrendo a estudos, especialistas ou a poemas e obras de arte, outras vezes confessional e literário, mas escapando da autopiedade, Didion deixa o fluxo da sua consciência viajar pelas memórias do casamento, pela experiência da maternidade e da escrita, recordações que emergem a cada momento, quando trata do funeral do marido ou visita a filha inconsciente no hospital. 

Joan Didion, norte-americana, é autora de romances, obras de não-ficção, peças de teatro e filmes. O seu estilo jornalístico, que o New York Times descreveu como «elegante, sofisticado e irónico», fez dela uma das vozes literárias que melhor revelou a identidade da América do seu tempo.
O ano do pensamento mágico foi finalista do Prémio Pulitzer e valeu-lhe o National Book Award em 2005. O livro foi adaptado ao teatro e a peça estreou na Broadway em 2007.

Saiba mais sobre o livro no site da Cultura Editora aqui.

quinta-feira, 7 de novembro de 2019

Ganhei Uma Vida Quando Te Perdi de Raul Minh’alma - Novidade Manuscrito

Ganhei Uma Vida Quando Te Perdi

Data de publicação 06-11-2019
Colecção Manuscrito Romance
Edição 2
Número de páginas 312
ISBN 9789898975270
PVP: 15,50€

Sinopse
Como é que se esquece alguém? Quando Alice decide esquecer Gustavo, depois de este a ter magoado, procura Artur, um homem sábio e misterioso que tem o dom de apagar, temporariamente, as memórias associadas a uma pessoa.
No entanto, Alice estava longe de imaginar as consequências que essa decisão iria trazer para a sua vida, principalmente depois de se apaixonar por Rodrigo.
Agora tinha mais uma difícil decisão em mãos: enfrentar o passado, ou viver este novo amor que, depois de ter apagado parte das suas memórias, poderia não passar de uma mera ilusão?
O autor bestseller Raul Minh’alma, líder dos tops nacionais de vendas, traz-nos um romance arrebatador onde nos explica como fazer de um fim um novo começo e de uma perda uma grande conquista.
O livro que te vai ajudar a esquecer quem não te merece.

Saiba mais sobre o livro aqui

terça-feira, 5 de novembro de 2019

Última Paragem Auschwitz de Eddy de Wind - Novidade Planeta

Última Paragem Auschwitz

ISBN: 9789897773266
Ano de edição ou reimpressão: 11-2019
Editor: Editorial Planeta
Encadernação: Capa mole
Páginas: 224
PVP: 18,85€

Sinopse
Em 1942, o médico judeu Eddy de Wind apresentou-se como voluntário para trabalhar em Westerbork, um campo de trânsito de judeus, no este dos Países Baixos, onde conheceu Friedel, uma jovem enfermeira. Os dois apaixonam-se e casam. Em 1943, foram deportados para Auschwitz num comboio de mercadorias e são separados, indo Eddy para o Block 9 e Friedel para o 10, onde se realizavam experiências médicas.
Quando os russos se começam a aproximar de Auschwitz, no Outono de 1944, os nazis decidiram apagar os seus vestígios e foi ordenado aos prisioneiros, entre os quais se encontrava Friedel, recuar até ao interior da Alemanha, no que se conheceria depois como «marchas da morte». Eddy, pelo contrário, escondeu-se e ficou em Auschwitz, onde encontrou um lápis e um caderno e começou a escrever.
Esta é a sua história.
Eddy de Wind escreveu um doloroso e comovedor relato dos horrores no campo, analisa e observa o comportamento das pessoas - tanto boas como más - e o que são capazes de fazer.
Descreve Auschwitz como nunca antes havia sido descrito.
Do interior e com a profunda impressão desse momento.

Eddy de Wind (1916–1987) foi o último médico judeu a formar-se na Universidade de Leiden, na Holanda, durante a Segunda Guerra Mundial. Ofereceu-se para trabalhar no campo de trabalho de Westerbork, com a falsa impressão de que a sua mãe, que havia sido levada pelos alemães, seria salva da deportação. Lá, ele conheceu e casou-se com a sua primeira esposa, Friedel. O casal foi deportado para Auschwitz em 1943. De Wind retornou à Holanda no verão de 1945 e especializou-se como psiquiatra e psicanalista. Em 1949, publicou Confronto com a Morte, o seu famoso artigo no qual introduziu a ideia da síndrome do campo de concentração. Última Paragem Auschwitz foi publicado em holandês em fevereiro de 1946. Até onde se sabe, é o único livro completo escrito em Auschwitz.

segunda-feira, 4 de novembro de 2019

Ho Ho Ho Books - Desafio de Leitura de Natal


Será muito cedo para começar a falar do Natal?

Hummmm? Claro que não!

O Ho Ho Ho Books será o nosso desafio de leitura natalício. Esta é a segunda edição que traz uma alteração. No ano passado o objectivo era ler livros cujo título tivesse a palavra Natal ou a história do livro decorresse durante o Natal. Este ano resolvi mudar um pouco as coisas e introduzir categorias de leitura. 

Mas para começar, digo-vos que o desafio tem inicio no primeiro de Dezembro e termina em dia de Reis (01/12 a 06/01). É composto por oito categorias. Sei que poderá ser exigente, nesta época do ano, ler tantos livros. Portanto façam as categorias que mais gostarem ou que conseguirem. Se conseguirem completar, ouro sobre azul.

Peço a quem participar no desafio, que vá partilhando as leituras nas redes sociais, usando o hashtag #hohohobooks. Deixem também aqui em comentário os livros seleccionados para o desafio e as leituras feitas.  


Como podem ver na imagem acima, são oito categorias. Cada uma tem de ser preenchida com um livro. O mesmo livro não dá para várias categorias. 

O romance a ler pode ser de qualquer género: histórico, romântico ou contemporâneo.

O livro publicado em Dezembro poderá ser de qualquer ano, desde que a sua edição corresponda ao mês natalício. 

As restantes categorias penso que não levantarão dúvidas. Caso haja, podem sempre perguntar.

Conto convosco para este desafio?

Juntem-se ao Grupo do Desafio de Leitura Manta de Histórias 2019 aqui Poderão acompanhar o desafio de outros leitores e partilhar o vosso. 

Boas leituras! 

As mais belas Histórias de Natal de Stefania Leonardi Hartley - Novidade Porto Editora


ISBN: 978-972-0-72978-1
Ano de edição ou reimpressão: 10-2019
Editor: Porto Editora
Dimensões: 222 x 285 x 23 mm
Encadernação: Capa dura
Páginas: 128
PVP: 12,90€
Recomendado dos 6 aos 10 anos

Sinopse
Este livro maravilhoso, recheado de ilustrações esplêndidas e personagens inesquecíveis, vai levar as crianças ao mundo fantástico dos contos encantados de Natal.

Pode comprar o livro aqui.

sexta-feira, 1 de novembro de 2019

O Rapaz ao Fundo da Sala de Onjali Q. Rauf - Novidade Booksmile

O Rapaz ao Fundo da Sala

ISBN 9789896685829
PVP 14.39 € 
1ª EDIÇÃO outubro de 2019
PÁGINAS 288
APRESENTAÇÃO capa mole
IDADE '9+'

Sinopse
Um livro sobre um tema atual, visto pelo olhar de uma criança. Uma história memorável e premiada, que salienta a importância da amizade e da bondade num mundo tantas vezes intolerante e sem sentido.
Há um colega novo na turma. Ele senta-se sempre na última fila, mas não fala com ninguém nem olha para ninguém. Este rapaz enigmático e misterioso não sorri. O seu nome é Ahmet.
Intrigados, quatro meninos muito especiais tentam fazer amizade com ele e conhecer a sua história. Descobrem que o Ahmet é um rapaz refugiado que foi separado da família. Ele teve de abandonar o seu país para fugir à guerra.
Uma vez que nenhum adulto consegue ajudar o Ahmet a reencontrar a família, o quarteto de amigos elabora um plano audaz — nada mais do que A Melhor Ideia do Mundo — que os levará numa aventura extraordinária envolvendo a própria Rainha de Inglaterra!

Onjali Q. Rauf, feminista convicta desde os 7 anos, é fundadora da Making Herstory, uma organização sem fins lucrativos que visa incentivar as comunidades a construir um mundo mais justo para mulheres e raparigas no Reino Unido e além-fronteiras. Nos tempos livres, presta ajuda humanitária a famílias de refugiados e apoia projetos destinados à promoção do diálogo inter-religioso. Especializou-se em Estudos sobre a Mulher e trabalhou em diversas instituições de caridade.
O Rapaz ao Fundo da Sala (Booksmile, 2019), livro de estreia notável, foi inspirado em histórias verdadeiras de pessoas que Onjali conheceu em campos de refugiados. Vencedor do Prémio Blue Peter para Melhor História e do Prémio Waterstones para Melhor Livro Infantil, foi ainda finalista do Prémio Jhalak e nomeado para o Prémio Carnegie na categoria de Melhor Livro Infantil.

quinta-feira, 31 de outubro de 2019

Longa pétala de mar de Isabel Allende - Novidade Porto Editora

Longa pétala de mar

ISBN: 978-972-0-03233-1
Edição ou reimpressão: 11-2019
Editor: Porto Editora
Encadernação: Capa mole
Páginas: 392
PVP: 18,80€

Sinopse
Espanha, final da década de 1930. A vitória iminente das tropas franquistas na Guerra Civil obriga milhares de pessoas a abandonar o país, numa perigosa viagem através dos Pirenéus. Entre eles, Roser Bruguera, uma jovem viúva, e Víctor Dalmau, médico e irmão do falecido marido de Roser. Em França, conseguem embarcar no Winnipeg, um navio fretado pelo poeta Pablo Neruda que transportou mais de 2 mil espanhóis até ao Chile – essa «longa pétala de mar, de vinho e de neve» –, onde são recebidos como heróis.
Víctor e Rosa integram-se com sucesso na vida social do país de acolhimento, durante várias décadas, até ao golpe de Estado que derruba Salvador Allende, parceiro de xadrez de Víctor Dalmau. Os dois amigos de toda uma vida voltam a ser obrigados ao exílio, mas, como diz a autora, «se vivermos o suficiente, todos os círculos se fecharão.»
Isabel Allende propõe-nos uma viagem através da História do séc. XX, pela mão de personagens inesquecíveis que descobrirão que numa só vida cabem muitas vidas e que, por vezes, o difícil não é fugir, mas regressar.

Sobre a autora
Nasceu em 1942 no Peru. Viveu no Chile entre 1945 e 1975, com largos períodos de residência noutros locais, na Venezuela até 1988 e, desde então, na Califórnia. Em 1982, o seu primeiro romance, A casa dos espíritos, converteu-se num dos títulos míticos da literatura latino-americana. Seguiram-se muitos outros, todos êxitos internacionais. A sua obra está traduzida em trinta e cinco línguas. Foi galardoada com o Prémio Nacional de Literatura do Chile.
Foi homenageada pelo Presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama, com a Medalha Presidencial da Liberdade, a mais importante distinção civil daquele país.

Pode comprar o livro aqui.

quarta-feira, 30 de outubro de 2019

7 Novidades de Novembro que quero ler


Disponível a 5 de Novembro 

Sinopse
Com o seu alter ego perturbador, Ziggy Stardust, e músicas como "Starman" ou "Space Oddity", Bowie desafiou as regras da música e tornou-se um ícone de sua geração e uma referência para as gerações presentes e futuras. A sua longa carreira artística está intimamente ligada à sua biografia pessoal. Este livro aborda todos os aspectos da sua vida, os seus enigmas e anedotas.


Disponível a 5 de Novembro

Sinopse
14 de Setembro de 1998. O dia em que Chatlam, uma pequena vila americana, acordou em choque com o homicídio de Noah Walsh. O principal suspeito: a sua filha de dezasseis anos.
No Verão de 1987, o adolescente Pedro Taborda apaixona-se por Laura Walsh, a filha mais velha de um magnata nova-iorquino. Ela e Levi - uma criança misteriosa - passam férias com os pais no Lagoeiro, uma pacata cidade algarvia. Rica e moderna, a família Walsh tem tudo para dar muito nas vistas no sul de Portugal. Inebriado pelas formas perfeitas e pelos modos ousados de Laura, Pedro encontra na rapariga americana o seu primeiro amor. Mas quando o Verão acaba, a família Walsh regressa aos Estados Unidos e o destino fica por cumprir.
Dez anos depois, Pedro, decidido a tornar-se escritor, vai estudar para Nova-Iorque. Fascinado com Gary List, antigo prodígio das letras americanas, chega aos Estados Unidos determinado a perseguir os sonhos da juventude. Ao reencontrar Laura, está longe de suspeitar que esse acaso o mergulhará no crime mais falado dos anos noventa, o homicídio do milionário Noah Walsh.
Com um segundo homicídio a atrapalhar a investigação e uma corrida para salvar Levi, de apenas dezasseis anos, acusada de matar o pai, Pedro e Laura enredam-se irremediavelmente na teia de segredos que envolve a família Walsh, desde os anos quarenta do século XX até ao impensável desfecho nas primeiras décadas do novo milénio.
Porque em Chatlam - e neste thriller imparável - nada é o que parece.


Disponível a 5 de Novembro

Sinopse
Sobreviver a um acidente de avião é apenas o início para Allison. A vida que construiu para si - o noivo perfeito e o mundo luxuoso de ambos -desapareceu num ápice. Agora tem de correr, não só para fugir dos segredos sombrios do passado mas também para despistar o homem que a persegue a cada passo.No outro lado do país, a mãe de Allison desespera por notícias da filha, que se encontra desaparecida, dada como morta. Uma história de mistério, cativante e impossível de parar de ler.


Disponível a 6 de Novembro

Sinopse
Alcalá de Henares, 1572. A jovem livreira Inés Ramírez fica viúva e tem de assumir o controlo do negócio familiar. Depressa descobre que o seu marido possuía a chave de acesso ao único exemplar de um livro proibido, cujo desaparecimento, séculos antes, tinha sido ordenado pelo poder político e pela igreja.
Com a colaboração de Pierre Arbús, um impressor de livros francês, ela dá início à investigação. Terá de lidar com personagens de todo o tipo: mestres impressores, eruditos, delinquentes, nobres... e tudo sob a sombra omnipresente da Inquisição, capaz de tudo para controlar o pensamento e a palavra, e da rigorosa política de censura de Filipe II (I de Portugal).
Romance de intriga histórica, esta magnífica obra transporta-nos para uma época em que imprimir, vender e ler livros eram atividades extremamente perigosas. Além de uma viagem às origens da indústria do livro é também uma homenagem a todos os escritores, impressores, editores, livreiros e leitores que há séculos dão vida à melhor forma alguma vez inventada para divulgar o conhecimento e a cultura: o livro.


Disponível a 7 de Novembro

Sinopse
Não é que Britt-Marie seja uma pessoa crítica, exigente ou difícil - ela apenas espera que as coisas sejam feitas de uma determinada forma. Uma gaveta de talheres desarrumada está no topo da sua lista de pecados imperdoáveis. Os seus dias começam, impreterivelmente, às seis da manhã, porque apenas os lunáticos acordam mais tarde do que essa hora. E não é passivo-agressiva. De modo nenhum. As pessoas é que, às vezes, interpretam as suas sugestões úteis como críticas, o que não é, de todo, a sua intenção. Afinal, Britt-Marie não é alguém que julgue os outros, não importa o quão mal-educados, desleixados ou moralmente suspeitos possam ser.
Quando Britt-Marie descobre que Kent, o marido, lhe é infiel, a sua vida perfeitamente organizada, de repente, desorganiza-se. Tendo de passar a sustentar-se sozinha, arranja um emprego temporário como zeladora do centro recreativo de Borg. Nessa posição, a exigente Britt-Marie tem de lidar com muita sujidade, eletrodomésticos temperamentais, indisciplina a rodos e até uma ratazana como companheira. Britt-Marie vê-se então arrancada da sua zona de conforto e arrastada para a vida dos seus concidadãos de Borg, uma estranha mistura de seres desesperados, canalhas, bêbedos e vagabundos, sendo incumbida da impossível tarefa de levar a equipa de futebol local, composta por várias crianças sem qualquer tipo de talento para acertar numa bola, à vitória. E, quando um dia Kent aparece a pedir-lhe desculpa, ela tem de decidir, de uma vez por todas, o que realmente deseja da vida. Nesta pequena localidade de gente inadaptada, pode Britt-Marie encontrar o lugar a que realmente pertence?
Engraçado e comovente, perspicaz e humano, Britt-Marie esteve aqui celebra as amizades inesperadas que nos mudam para sempre e o poder do mais gentil dos espíritos, para tornar o mundo um lugar melhor.


Disponível a 8 de Novembro

Sinopse
Kate Marshall era uma jovem e promissora detetive da policia londrina quando apanhou o famoso assassino em série que operava na região de Nine Elms. Mas a sua maior vitória transformou-se de súbito num pesadelo devido a uma série de circunstâncias pouco claras. Traumatizada, traída e publicamente vilipendiada, Kate pouco pôde fazer enquanto via a sua carreira ser julgada na praça pública.
Mais de quinze anos passados desde esses acontecimentos, vive agora uma vida tranquila numa cidade pacífica da costa inglesa, embora o seu tempo na polícia esteja ainda bem presente. Quando um dia recebe uma carta de alguém que faz parte do seu passado, Kate é novamente lançada para a mente distorcida de um assassino que conhece demasiado bem, vendo-se envolvida nos meandros de um caso que só ela poderá resolver.
Com um talento sobrenatural para entrar na mente criminosa, Kate recorre às suas prodigiosas e há muito descuradas competências de investigadora para enfrentar um caso cujo sucesso promete redenção. Mas há demasiado em jogo: não é só Kate que quer apanhar o assassino… ele também a quer encontrar.


Disponível a 11 de Novembro

Sinopse
Lowen Ashleigh é uma escritora que se debate com grandes dificuldades financeiras, até que aceita uma oferta de trabalho irrecusável: terminar os três últimos volumes da série de sucesso de Verity Crawford, uma autora de renome que ficou incapacitada depois de um terrível acidente. 
Para poder entrar na cabeça de Verity e estudar as anotações e ideias reunidas ao longo de anos de trabalho, Lowen aceita o convite de Jeremy Crawford, marido da autora, e muda-se temporariamente para a casa deles. Mas o que ela não esperava encontrar no caótico escritório de Verity era a autobiografia inacabada da autora. Ao lê-la, percebe que esta não se destinava a ser partilhada com ninguém. São páginas e páginas de confissões arrepiantes, incluindo as memórias de Verity relativas ao dia da morte da filha. 
Lowen decide ocultar de Jeremy a existência do manuscrito, sabendo que o seu conteúdo destroçaria aquele pai, já em tão grande sofrimento. Mas, à medida que os sentimentos de Lowen por Jeremy se intensificam, ela apercebe-se de que talvez seja melhor ele ler as palavras escritas por Verity. Afinal de contas, por mais dedicado que Jeremy seja à sua mulher doente, uma verdade tão horrenda faria com que fosse impossível ele continuar a amá-la.

As Minhas Escolhas de Helena Sacadura Cabral - Novidade Clube do Autor

As Minhas Escolhas

ISBN: 9789897244940
Ano de edição ou reimpressão: 10-2019
Editor: Clube do Autor
Encadernação: Capa mole
Páginas: 264
PVP: 16,60€

Sinopse
A vida tem muitos caminhos, e todos nós somos o resultado daquilo que semeamos e cuidamos, defende a escritora Helena Sacadura Cabral.
Fiel às suas crenças e à sua verdadeira essência, a autora reforça nestas páginas a importância das escolhas que fazemos e daquilo que escolhemos sentir.
Com otimismo e perseverança, a autora acredita que todos podemos alcançar a felicidade, mesmo quando são poucas as razões para sorrir.
Neste livro, encontramos as suas escolhas pessoais e os estados de alma que têm guiado a sua vida:
- Escolher ser feliz
- Perdoar e dar graças
- Partilhar com os outros a nossa alegria

Helena Sacadura Cabral é licenciada em Economia, tendo obtido o prémio para o melhor aluno do Instituto Superior de ciências Económicas e Financeiras. Desempenhou vários lugares de chefia na Administração Pública, tendo sido a primeira mulher a ser admitida nos quadros técnicos do Banco de Portugal. Além de colunista de diversos jornais e revistas, mantém colaboração regular em televisão. Autora de duas dezenas de livros, concilia ainda a participação ativa com a atualização dos seus quatros blogues.

terça-feira, 29 de outubro de 2019

A Luz de Pequim de Francisco José Viegas - Novidade Porto Editora

A Luz de Pequim

Título: A Luz de Pequim
Autor: Francisco José Viegas
Págs.: 400
PVP: 17,70 €

Sinopse
Um corpo pendurado dos pilares da Ponte de D. Luís, no Porto, desafiando uma cidade em transformação, cosmopolita e cheia de turistas. O cadáver de uma mulher abandonado nas colinas do Douro - e a evocação de uma série de crimes no submundo da noite portuense. O que parecem duas ocorrências independentes acabam por revelar ligações que não surpreendem o inspetor Jaime Ramos - que, em simultâneo, enfrenta o seu passado de militante comunista, um inquérito interno à sua atuação na polícia, o estranho pedido de um velho amigo e a busca por um personagem desaparecido, que o levará das ruas do Porto ao Minho e ao Douro e, finalmente, a Pequim.
Um romance denso e crepuscular em que a figura de Jaime Ramos, agora no seu nono livro, se interroga sobre o sentido de ser português num país dominado por elites cúmplices, endogamias e poderes ocultos.

Francisco José Viegas nasceu em 1962. Professor, jornalista e editor, é responsável pela revista Ler e foi também diretor da revista Grande Reportagem e da Casa Fernando Pessoa. De junho de 2011 a outubro de 2012 exerceu o cargo de Secretário de Estado da Cultura. Colaborou em vários jornais e revistas, e foi autor de vários programas na rádio (TSF e Antena Um) e televisão (Livro Aberto, Escrita em Dia, Ler para Crer, Primeira Página, Avenida Brasil, Prazeres, Um Café no Majestic, A Torto e a Direito, Nada de Cultura). Da sua obra destacam-se livros de poesia (Metade da Vida, O Puro e o Impuro, Se Me Comovesse o Amor) e os romances Regresso por um Rio, Crime em Ponta Delgada, Morte no Estádio, As Duas Águas do Mar, Um Céu Demasiado Azul, Um Crime na Exposição, Um Crime Capital, Lourenço Marques, Longe de Manaus (Grande Prémio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores 2005), O Mar em Casablanca, O Colecionador de Erva e A Poeira que Cai sobre a Terra e Outras Histórias de Jaime Ramos.

Pode comprar o livro aqui.