quinta-feira, 16 de setembro de 2021

As doenças do Brasil, de Valter Hugo Mãe - Novidade Porto Editora

 


ISBN: 978-972-0-03486-1
Edição/reimpressão: 09-2021
Editor: Porto Editora
Dimensões: 150 x 235 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 280
PVP: 17,70€

Sinopse
A "fera branca" quase exterminou os povos originários do Brasil. Ao longo de séculos, os brancos mataram aqueles que não podiam escravizar. A dada altura, em fuga, muitos negros encontraram ao acaso os povos de peles vermelhas e tantas vezes o entendimento e a paz aconteceram.
Valter Hugo Mãe cria para a Literatura actual duas figuras inesquecíveis: Honra e Meio da Noite, rapazes peculiares que, ao abrigo das aldeias gentis dos abaeté, estabelecem uma cumplicidade para certa ideia de defesa.
Honra é fruto da violação de um branco a uma abaeté. Cresce claro, humilhado por uma pele que diz não ser cicatriz daquele golpe porque é ferida. É sempre ferida.
Esta é uma delicadíssima história de resistentes. Exuberante aventura das palavras e da imaginação em busca da hipótese da paz.

Valter Hugo Mãe é um dos mais destacados autores portugueses da actualidade. A sua obra está traduzida em variadíssimas línguas, merecendo um prestigiado acolhimento em muitos países. Com As doenças do Brasil completa 25 anos de edição e 50 anos de vida. Autor dos romances: Contra mim (Grande Prémio de Romance e Novela - Associação Portuguesa de Escritores); Homens imprudentemente poéticos; A Desumanização; O filho de mil homens; a máquina de fazer espanhóis (Prémio Oceanos); o apocalipse dos trabalhadores; o remorso de baltazar serapião (Prémio Literário José Saramago) e o nosso reino. Escreveu alguns livros para todas as idades, entre os quais: Contos de cães e maus lobos, O paraíso são os outros, As mais belas coisas do mundo e Serei sempre o teu abrigo. A sua poesia encontra-se reunida no volume publicação da mortalidade. Publica a crónica Autobiografia Imaginária, no Jornal de Letras, e Cidadania Impura, na Notícias Magazine. Com excepção da poesia, que tem chancela Assírio & Alvim, toda a sua obra está publicada pela Porto Editora.

quarta-feira, 15 de setembro de 2021

Primeiras Palavras - A Biblioteca da Meia-Noite de Matt Haig

 

A Biblioteca da Meia-Noite
My rating: 4 of 5 stars

"Não precisas de entender a vida. Só tens de a viver."
E se entre a vida e a morte existisse uma biblioteca?
Pois bem, foi o que Nora Seed encontrou. E toda aquela biblioteca gigante tinha uma característica única. Terão de ler o livro para descobrirem qual é.
Apesar de não ter conseguido criar um elo de ligação com personagem principal, fiquei fã da escrita de Matt Haig e da forma leve mas séria como escreve sobre assuntos pesados. Nesta história a temática sensível abordada é o suicídio. Matt Haig dá-nos muita matéria para reflexão.
"É que a tristeza é uma parte intrínseca do tecido da felicidade. Não se consegue ter uma sem ter a outra."
Leitura recomendada!

terça-feira, 14 de setembro de 2021

Ana dos Cabelos Ruivos Novel Gráfica, de Mariah Marsden - Novidade Fábula

 

Ana dos Cabelos Ruivos Novel Gráfica, de Mariah Marsden - Novidade Fábula

ISBN: 9789895646388
Ano de edição: 09-2021
Editor: Fábula
Encadernação: Capa dura
Páginas: 232
PVP: 18,79€

Sinopse
O clássico de Lucy Maud Montgomery encontra uma nova expressão nesta novela gráfica a cores, muito apelativa para as novas gerações de leitores.
Quando Matthew e Marilla Cuthbert decidem adotar um órfão para os ajudar na sua quinta, não fazem ideia das boas surpresas e inesperados problemas que os aguardam. Com cabelos ruivos e uma imaginação imparável, Ana Shirley, de 11 anos, vai agitar a quinta Green Gables.
A vida dos dois irmãos nunca mais será a mesma, nem a dos habitantes da pequena vila de Avonlea. Ninguém esquecerá a magia e a beleza de Green Gables, e muito menos esta personagem alegre, corajosa, inteligente e bondosa.
Uma edição que torna acessível o clássico de Lucy Maud Montgomery, com beleza e um estilo moderno, e ao mesmo tempo fiel à época em que se desenrola a história. Narrativa cheia de pureza e valores universais e que promove a coragem, a bondade, a alegria, a superação e a resiliência.

Mariah Marsden é uma escritora norte-americana. Ex bibliotecária, obteve o mestrado em Escrita Criativa e Artes dos Media na Universidade de Missouri — Kansas City.

sábado, 31 de julho de 2021

Trilhar Thrillers 2021 - Desafio de Leitura

Trilhar Thrillers 2021 - Desafio de Leitura


Olá mantólicos! 

Voltamos a ter mais uma edição do Trilhar Thrillers. Muitos seguidores me perguntaram quando é que este desafio ia estar novamente disponível. Como a primeira edição do ano passado correu super bem, cá vamos nós embarcar mais uma vez nesta aventura cheia de adrenalina e suspense. Porque o mês de Agosto é associado a férias, nada melhor que tirar uns dias para descansar e baixar a pilha de thrillers por ler. 

À semelhança de 2020, o desafio irá ter o seu início a 1 de Agosto e termino a 31 de Outubro. Serão três meses de leitura de thrillers. O que se pretende é que vocês completem, uma, duas, ou três linhas. Ou seja, quatro, oito ou doze categorias/ livros. Na imagem seguinte têm as categorias do desafio. (Cliquem na imagem para aumentar)

Trilhar Thrillers 2021

primeira linha do desafio é constituída pelas seguintes categorias: Um Número no Título; Quero Visitar o Local da Acção; Título com Duas Palavras e Detective Mulher. Aqui as categorias são extremamente simples e não haverá dúvidas quanto aos livros a ler. 

Na segunda linha, têm as seguintes categorias: "Page Turner" Viciante; Título com a Palavra Crime, Morte ou Sangue; Autor Nórdico; Escritor Português. Aqui o único esclarecimento que tenho a fazer é que quando digo autor/ escritor pode ser lido também autoras e escritoras.

Quanto à terceira linha do desafio, temos as seguintes categorias: Capa Feia, Lombada Preta, Empatia pela Vilã e Livro de Uma Série. Aqui a que pode ser subjectiva é a primeira categoria. O que é feio para mim poderá não ser para outro leitor. Portanto caberá a cada leitor escolher uma capa que no seu entender ache horrível, de meter medo ao susto. 

O desafio e as categorias estão apresentadas. Cabe a cada um de vós, escolher a linha ou linhas que quer fazer. Já sabem que não podem usar o mesmo livro em categorias diferentes, mas podem usar o mesmo livro em desafios diferentes. Neste caso um livro que leiam para este desafio, poderão encaixar nos desafios Manta de Histórias 2021 e no Lê Português

Qualquer dúvida que tenham, podem deixar em comentário, enviar um email ou enviar mensagem através das redes sociais do blogue. Já sabem que tudo é acompanhado de perto e ao segundo, no Clube de Leitura Manta de Histórias. Para eu conseguir acompanhar as vossas leituras nas redes sociais, identifiquem o blogue ou usem a #trilharthrillers

Gostaram das categorias deste ano?
Conto convosco?

Boas leituras

domingo, 27 de junho de 2021

A Caçadora, de Kate Quinn - Novidade Porto Editora

A Caçadora, de Kate Quinn  - Novidade Porto Editora


Título: A Caçadora
Autora: Kate Quinn
Tradução: Leonor Marques
Páginas: 576
PVP: 19,90€

Sinopse
Ousada e destemida, Nina Markova sempre sonhou voar. Quando os nazis atacam a União Soviética, ela arrisca tudo para se juntar às lendárias Bruxas da Noite, um regimento de bombardeiros noturnos formado apenas por mulheres. Apanhada atrás das linhas inimigas, Nina torna-se a presa de uma assassina nazi letal conhecida como A Caçadora.
Afetado pelos horrores que testemunhou, o correspondente de guerra britânico Ian Graham transformou-se num caçador de nazis. Mas há um alvo que lhe escapa: um predador cruel conhecido como A Caçadora. Para a encontrar, o feroz e disciplinado investigador une esforços com a única vítima que lhe conseguiu escapar com vida: a atrevida e arrogante Nina.
Jordan McBride sonha ser fotógrafa, tem dezassete anos e vive em Boston. Quando o pai viúvo chega a casa com uma noiva, Jordan fica emocionada. Mas há algo desconcertante na viúva alemã. Certa de que o perigo está à espreita, Jordan mergulha no passado da madrasta, disposta a tudo para proteger aqueles que ama.

Kate Quinn é autora bestseller de ficção histórica do The New York Times e do USA Today. Natural da Califórnia, frequentou a Universidade de Boston, onde obteve um diploma de bacharel e mestrado em Voz Clássica. É autora de quatro romances da série Imperatriz de Roma e dois títulos sobre o Renascimento italiano, antes de se dedicar a temas do século 20 com A Rede de Alice. Todos foram já publicados em vários países. Kate e seu marido vivem agora em Maryland com dois cães chamados Caesar e Calpurnia.

Podem ler a minha opinião do livro A rede de Alice aqui

domingo, 20 de junho de 2021

Verão Negro, de M. W. Craven - Novidade Topseller

Verão Negro, de  M. W. Craven - Novidade Topseller

Sinopse
Jared Keaton é o chef das estrelas. Encantador. Carismático. Psicopata… E está a cumprir pena de prisão perpétua pelo homicídio brutal da sua filha, Elizabeth. O corpo nunca foi encontrado, e Keaton foi condenado sobretudo com base no testemunho do inspetor Washington Poe.
Quando, seis anos depois, uma jovem entra a cambalear numa esquadra de polícia com provas irrefutáveis de que é Elizabeth Keaton, Poe dá por si no lado contrário de uma investigação que poderá custar-lhe muito mais do que a carreira. 
Ajudado pela única pessoa em quem confia, a brilhante, mas socialmente desajeitada, Tilly Bradshaw, Poe esforça-se por responder à única pergunta que importa: como pode alguém estar vivo se morreu há seis anos?
E então Elizabeth torna a desaparecer… e todos os caminhos da investigação parecem levar novamente a Poe.

M. W. Craven nasceu no condado de Cúmbria, no norte da Inglaterra, mas cresceu em Newcastle. Aos 16 anos, alistou-se no Exército «por acidente», decidindo depois viajar pelo mundo. Em 1995, formou-se em Serviço Social nas especialidades de criminologia e uso indevido de substâncias. 
Aos 30 anos regressou ao condado onde nasceu para ocupar o cargo de oficial de justiça, uma experiência que lhe viria a permitir transmitir um realismo sombrio à sua escrita.
É casado e vive na região onde nasceu com a mulher e com o seu springer spaniel.

Opinião do livro Teatro de Fantoches aqui.

Verão Negro será a leitura conjunta do mês de Agosto, no Clube de Leitura Manta de Histórias. Estão todos convidados a juntar-se a nós. 

terça-feira, 1 de junho de 2021

O pássaro noturno, de Johanna Mo - Novidade Porto Editora

O pássaro noturno, de Johanna Mo -  Novidade Porto Editora

ISBN: 978-972-0-03414-4
Ano de edição: 06-2021
Editor: Porto Editora
Dimensões: 152 x 235 x 29 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 408
PVP: 18,80€

Sinopse
A detetive Hanna Duncker está de regresso à terra natal. Dezasseis anos depois de trocar Öland por Estocolmo, a morte do pai obriga-a a revisitar a ilha onde passou a infância. Apesar de tudo o que aconteceu lá, apesar dos mexericos e de sentir todos os olhares postos em si, é naquele lugar remoto junto ao mar que se sente em casa.
Quando Joel, um adolescente de 15 anos, é encontrado morto e com sinais de violência no parque de merendas de Möckelmossen, Hanna é arrastada para uma investigação que envolve a sua antiga melhor amiga – aquela que abandonara sem qualquer explicação.
Ao mesmo tempo que procura descobrir o assassino de Joel, Hanna continua a viver as consequências de um crime horrendo cometido pelo pai, muitos anos antes. Conseguirá, algum dia, quebrar a ligação ao passado?

Johanna Mo é natural de Kalmar — onde passou a infância —, e vive atualmente em Estocolmo. Venceu o prémio cultural Pena Dourada (Gyllene Fjädern) e foi nomeada para o Prémio de Romance da Rádio Sueca. Trabalha há 20 anos como escritora, revisora, leitora na área da edição, crítica literária e tradutora.
O pássaro noturno é o seu oitavo livro, e o primeiro da série Os crimes de Öland, que será publicada em 18 países.