quinta-feira, 15 de maio de 2014

Primeiro Amor [A minha Opinião]



"(...) se tivéssemos instruções para tudo, não seria vida. Seria uma tarefa. Trabalho desagradável. Não saber é uma parte importante do plano."

Primeiríssimo romance que leio de James Patterson e só vos posso dizer que é encantador. O facto de saber que esta história se baseia no próprio passado do autor, comove ainda mais. Além de contar uma história de aventura, de perigo, de liberdade, conta também uma história de amor, de sofrimento, de luta, de perda. 

Axi e Robinson são os melhores amigos. Conheceram-se numa altura difícil das suas vidas e mantêm essa amizade até então. Talvez por terem sofrido juntos, a ligação que os une é mais forte e a amizade é verdadeira. 

Axi é uma excelente aluna, cheia de sonhos, secretamente apaixonada por Robinson e que anseia por liberdade. Robinson por seu lado é o bom rebelde, divertido, corajoso, aventureiro. 

Quando Axi convida Robinson para a maior aventura da vida deles, Robinson não pensa duas vezes. Axi foge de casa e da sua vida, ansiosa por começar esta aventura. 

Axi quando planeara a viagem não contava com tantas atribulações. É colocada à prova de uma maneira que nunca esperou. A responsabilidade da lugar à irresponsabilidade e ao perigo, e uma vez ultrapassada essa barreira é impossível voltar atrás. 

Axi e Robinson deixam-se levar pelo sentimento de liberdade e aproveitam ao máximo para desfrutar do bom que esta viagem tem para lhes oferecer. Mas uma série de acontecimentos perigosos e dramáticos, vão fazê-los duvidar. Só o amor recém descoberto por ambos lhes vai dar forças e coragem para a prova de fogo que têm novamente nas suas vidas. 

Esta história não é um simples romance entre adolescentes, mas sim uma grande lição de vida, à qual nos devemos agarrar. O tempo não espera e avança contra nossa vontade. E tempo é o que este primeiro amor não tem. Por essa razão todos os minutos contam, e mais vale amar e sofrer do que não amar. 

A escrita simples de James Patterson fez-me viajar por entre páginas de liberdade, de emoções, de amor e de perda. É sem dúvida um romance comovente e inspirador. É fácil deixar-se envolver por esta história e quando menos espero já a última página li. 

Um livro que recomendo a todos os que acreditam no poder do amor.
Boas leituras!


Sem comentários :

Publicar um comentário