quinta-feira, 3 de abril de 2014

Uma História de Amor Eterno [A minha Opinião]



Livro de estreia de Sebastian Cole, e que livro! Foi conquistada pela maravilhosa capa do livro, da autoria da Deborah DeWit. Lançado em pleno mês de fevereiro, nada mais romântico do que ler este livro.

Quando li a sinopse do livro, sabia que o teria de ler. Fiquei logo cativada pelo personagem Noah Hartman, pelo facto de ser feita a referência ao poder que a sua família tem na sua vida e nas suas escolhas, e por Robin, um espírito livre que irá libertar Noah de uma vida de amarras.

O capitulo inicial deixou-me logo prendida ao livro e aguçou logo a minha curiosidade ao que poderia ter-se passado entre Noah e Robin. Sebastian Cole foi inteligente porque assim lançou a curiosidade ao leitor, agarrando-o até ao fim do livro. Quantas mais páginas lia mais tinha curiosidade em saber o que se passaria a seguir. 

Ao longo da narrativa vamos conhecendo Noah, a busca que empreende para encontrar a sua alma gémea, o conflito que trava com a sua família, que por ser judia, cria muitos obstáculos na aceitação da mulher que escolheu para partilhar a vida. 

Robin, é apresentada no inicio da narrativa, como um espírito livre, de uma alegria que contagia, que leva uma vida simples. Deixei-me conquistar por Robin e identifiquei-me com alguns traços da sua personalidade. 

Noah e Robin apaixonam-se e vivem um lindo inicio de relação. Mas como em todas as relações as surpresas acontecem, as alegrias passam a tristezas, o amor passa a sofrimento. A meio da leitura fico confusa com a reviravolta da narrativa e com a mudança inesperada da personalidade de Robin. É esta surpresa que me prendeu mais ao livro e que despertou sentimentos contraditórios em relação à personagem de Robin. De amada passa a ser odiada. Robin esconde um segredo que é a chave para o leitor compreender as suas atitudes. Um segredo que é levado quase até ao final do livro e quando é revelado todas as peças se encaixam.

Com personagens fortes e bem construídas, com uma escrita fluída e simples, este romance torna-se numa leitura agradável e viciante. Foi uma leitura que fiz num sopro e que me emocionou. 

Sou uma romântica incurável, já li muitos romances, mas este tem qualquer coisa de especial e de diferente. Não é a habitual história de amor. É um amor mais realista. Um amor que tem as suas rosas e os seus espinhos. Um grande amor que faz doer. Noah conquistou-me pela sua força, pelo amor imenso que sente por Robin e pela coragem em não se deixar vencer totalmente pela dor.  
      
Quando se lê esta história, forma-se a esperança de acreditarmos num amor eterno.

Uma leitura que recomendo. Fico a aguardar com expectativa pelo próximo livro de Sebastian Cole. 

Para mais informações sobre o livro Uma História de Amor Eterno visite o site da Editorial Presença aqui.

Sem comentários :

Publicar um comentário