quarta-feira, 28 de junho de 2017

[A minha Opinião] A Rapariga de Antes


«Por favor, faça uma lista de todos os bens que considera essenciais na sua vida.» Esta é a frase que desencadeia toda esta história. Esta é a frase forte deste livro e que deixa o leitor ansioso pela leitura.

A história deste livro tem como cenário principal a casa nº 1 de Folgate Street. Toda ela, a casa, é envolta em mistério, com tanto para contar ao leitor que muitas vezes parece ter vida própria. Poderia muito bem, no meu entender, ser a terceira personagem forte do livro. 

As duas personagens femininas Jane e Emma são mulheres fortes, que apesar de nunca se terem conhecido são tão idênticas em alguns traços da sua personalidade, em traços físicos, na sua coragem e nas adversidades da vida. Os personagens masculinos, Simon e Edward são o oposto um do outro. Simon mostra ser um homem pouco confiante e ambicioso, ao passo que Edward transparece confiança e ambição, não fosse ele um arquitecto de sucesso. 

J P Delaney conseguiu criar uma trama que agarra o leitor aos primeiros capítulos. O facto de contarmos com duas narradoras, Emma e Jane, que mostram as suas realidades em dois tempos distintos, passado e presente, faz com que a leitura seja mais interessante e mais viciante. Esta viagem alternada entre a vida de Emma e Jane cria uma boa dinâmica entre o leitor e a história que está a ler. 

As surpresas, o mistério e suspense vão crescendo a cada página lida e as peças vão encaixando, para que a poucas páginas do fim, se descubra quem é o suspeito do terror das personagens principais.  

Um thriller psicológico que me agarrou e levou madrugada fora a ler. Recomendo a leitura. 

Sem comentários :

Enviar um comentário