quarta-feira, 17 de julho de 2019

[A minha Opinião] D. Maria II A menina rainha


Leio muito pouco sobre as grandes figuras da História de Portugal. Talvez por isso este livro tenha chamado por mim. D. Maria II foi uma rainha que vi muitas vezes referida nos inúmeros manuais de História e da qual não tinha muitas memórias. Pouco me lembrava da sua vida e feitos enquanto rainha. 

Este livro de Isabel Stilwell, apesar de estar mais virado para os leitores infantis e juvenis, não deixa de ser também uma bela leitura para os leitores mais graúdos. Posso dizer-vos que tive uma fantástica aula de História, e eu que quando era mais nova, não gostava muito. Este livro prova que tudo depende de como é transmitida a mensagem. 

Quem pegar neste livro de pouco mais de 90 páginas, irá aprender mais um pouco da nossa História e conhecer muito melhor a nossa jovem rainha, D. Maria II. 

A escrita da Isabel Stilwell é apropriada aos jovens leitores, de uma simplicidade e proximidade ao leitor bem notória. A personagem de D. Maria II fala na primeira pessoa ao leitor, o que faz com que nos sintamos mais próximos da personagem. A empatia pela figura de D. Maria II é imediata. 

Quanto às ilustrações de Violeta Cor de Rosa, que acompanham toda a história são de uma beleza singular e dão um colorido à história maravilhoso. 

É mais que óbvio que vos vou recomendar, sem reservas, esta leitura. Leiam e fiquem a conhecer um pouco melhor esta menina rainha. 

Boas leituras!   

🌟🌟🌟🌟

terça-feira, 16 de julho de 2019

[A minha Opinião] O Barco das Crianças



O que é que me conquistou logo no livro? A capa, sem dúvida. Foi o que me levou a ler a sinopse e a ter curiosidade de ler o livro. 

Esta é a minha primeira experiência de leitura de Mario Vargas Llosa. Apesar de ser um livro infantil/juvenil, despertou em mim a curiosidade de ler mais livros do autor. 

No que a este livro diz respeito, adorei a escrita do autor, as personagens, a história fantástica e as personagens, o curioso Fonchito e aquele homem misterioso que todos os dias se senta num banco a observar o mar. 

O autor soube bem levar-me a viajar na sua história e a duvidar do que ia sendo narrado. A curiosidade de Fonchito, em relação aquele homem que todos os dias via no parque e que depois interpelou, passou também a ser a minha curiosidade. As dúvidas de Fonchito passaram a ser as minhas. A tristeza de Fonchito passou também a ser a minha. Isto ilustra bem como a escrita do autor cativa e desperta emoções no leitor. 

As ilustrações de Zuzanna Celej são maravilhosas. Complementam na perfeição as palavras escritas pelo autor. É uma pequena obra de arte. 

Quanto ao final do livro, é surpreendente. A forma como o autor durante toda a narrativa me deixou na duvida, para que o final fosse fantástico. 

Uma leitura que recomendo sem reservas. Leiam, vale muito a pena.

Boas leituras!

🌟🌟🌟🌟

segunda-feira, 15 de julho de 2019

Quase a chegar às livrarias - O Homem que Eu Penso Conhecer


Disponível a 17 de Julho

Sinopse
O novo livro de Mike Gayle é um romance deslumbrante. É uma história poderosa, emocionante, ao mesmo tempo amarga e terna, sobre uma amizade inesperada e um amor improvável. Uma história que não nos deixa esquecer a coragem genuína que reside no nosso coração. Desde o incidente, James DeWitt age sempre pelo seguro. Ele gosta de saber o que poderá acontecer a seguir. Danny Allen não age pelo seguro. Pode dizer-se que arrisca permanentemente ir além do ponto de não retorno. 
Às vezes, porém, a vida troca-nos as voltas e quando pensamos que conhecemos a realidade, ela surpreende-nos. E tudo pode vir a acontecer da forma que menos se espera…

CRÍTICAS DE IMPRENSA
«Mike Gayle é o rei das histórias comoventes e humanas, e este livro tão cheio de emoção é o seu melhor até agora. 5 estrelas.»
Heat

quinta-feira, 11 de julho de 2019

Quase a chegar às livrarias - Rumo Aos Mares da Liberdade


Disponível a 17 de Julho 

Sinopse
Irlanda, 1846. Kathleen e Michael amam-se e planeiam em segredo abandonar a terra natal, a humilde e faminta Irlanda, em busca de uma vida melhor no Novo Mundo. Mas todos os seus sonhos são truncados quando Michael é condenado como rebelde e desterrado para a Austrália.
Kathleen, grávida, será forçada a casar com um negociante de gado e emigrar com ele para a Nova Zelândia. Enquanto isso, Michael, com a ajuda da audaciosa Lizzie, tentará escapar da colónia penal para se reunir ao seu primeiro amor. Sarah Lark seduziu sete milhões de leitores em todo o mundo com as suas grandes sagas familiares em lugares exóticos. Amplamente imitada, Lark conseguiu criar e consolidar um novo género narrativo, o landscape, em que as suas heroínas vivem destinos marcados pela aventura, as viagens, o romance e a história.

Pode comprar o livro aqui.

quarta-feira, 10 de julho de 2019

Quase a chegar às livrarias - Devo-te a Felicidade


Disponível a 16 de Julho 

Sinopse
Fixie Farr tem uma compulsão terrível: a de arranjar tudo… Seja a endireitar de um quadro, tratar de uma nódoa quase invisível ou auxiliar um amigo em apuros, ela é simplesmente incapaz de não agir. O mesmo se aplica ao negócio de família que gere com os irmãos, ainda que, em segredo, sinta por vezes que tudo recai sobre si. 
E quando um belo desconhecido lhe pede para ela olhar um instante pelo seu computador portátil, não é de admirar que ela diga que sim. Agradecido, Sebastian acaba por lhe rabiscar uma nota de dívida (que, evidentemente, ela não irá cobrar).
Ou será que vai?
É que Ryan, por quem Fixie tem um fraquinho, precisa de ajuda. E quem melhor do que Sebastian para o ajudar? Só que agora é ela que tem uma dívida para com ele e Fixie não está habituada a ver-se nessa situação. Após uma sucessão de notas de dívida, de favores insignificantes e ajudas preciosas… Fixie depressa dá por si dividida entre o passado confortável e o futuro que julga merecer.
Terá ela coragem de "dar um jeito" à sua própria vida e lutar por aquilo que verdadeiramente quer?

Compre o livro aqui.

sexta-feira, 5 de julho de 2019

Estás aí, Deus? Sou eu, a Margaret de Judy Blume - Novidade Editorial Presença


Data de publicação 03-07-2019
Colecção Ficção Juvenil
Número na coleção 33
Edição 1
Número de páginas 168
ISBN 9789722364096
Dimensões 140 * 210

Sinopse
Margaret Simon gosta de cabelos compridos, de atum, do cheiro da chuva e de coisas cor-de-rosa. Ela acabou de mudar-se com a família do centro da cidade de Nova Iorque para os subúrbios, e está ansiosa por se integrar no seu novo grupo de amigas que juram contar sempre tudo umas às outras - os primeiros sutiãs, os primeiros beijos, a primeira vez que tiverem o período. Tudo. Porém, há coisas que são demasiado íntimas para partilhar com outras pessoas, ainda que sejam nossas amigas, e sobretudo quando se é a nova rapariga do grupo. 
Mas para sorte de Margaret, ela tem uma ligação com alguém muito especial! É que ela pode conversar com Deus acerca de tudo - família, amigos e até mesmo sobre a sua paixão secreta.

Judy Blume é uma das mais prestigiadas autoras norte-americanas de livros infanto-juvenis. Nasceu a 12 de fevereiro de 1938, em Elizabeth, no estado da Nova Jérsia. Fez o curso de Escrita Criativa para Crianças na Universidade de Nova Iorque. Depois de ter publicado contos em diversas revistas, Judy Blume publicou, em, 1970, o seu primeiro romance, Iggies House. Ela é autora de livros para jovens que são bestsellers n.º 1 do jornal The New York Times. Os seus livros já venderam mais de 85 milhões de exemplares em todo o mundo, estando traduzidos em mais de 30 línguas.

Saiba mais sobre o livro no site da Editorial Presença aqui.

Passatempo Exclusivo Facebook - Matéria-Prima Edições


Em vigor até 08 de Julho
Participe aqui.
Boa sorte!