sexta-feira, 30 de março de 2012

Livros que dão Filmes

Estreou ontem nas salas de cinema portuguesas o filme "Amigos Improváveis" de Olivier Nakache e Eric Toledano. Este filme é baseado no livro de Philippe Pozzo di Borgo, O Segundo Fôlego, que estará nas livrarias portuguesas no próximo dia 4 de Abril. Em Portugal este livro é editado pela Editorial Presença. 

Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 208
Editor: Editorial Presença
ISBN: 9789722348119
P.V.P: 14,90€
Disponível a partir de 04-04-2012 


Sinopse
Philippe Pozzo di Borgo é um aristocrata francês, diretor da conceituada casa de champanhes Pommery, que aos quarenta e dois anos vê o seu futuro comprometido quando um acidente de parapente o deixa tetraplégico. Deste acontecimento trágico decorre o encontro improvável entre Philippe e Abdel, um jovem rebelde dos subúrbios de Paris que é contratado como auxiliar para cuidar de Philippe. O Segundo Fôlego, a autobiografia de Philippe, é o relato humanista e bem-humorado dos anos de convivência entre ambos e da forma como cada um enriqueceu e salvou a vida do outro. Inspirados por esta história verídica, Olivier Nakache e Éric Toledano realizaram um filme com o nome Amigos Improváveis, que conta com François Cluzet e Omar Sy nos principais papéis.

Philippe Pozzo di Borgo nasceu no dia 14 de fevereiro de 1951 em Neuilly-sur-Seine. Membro da alta aristocracia francesa, foi diretor da conceituada casa de champanhes Pommmery. Em junho de 1993 um grave acidente de parapente deixa-o tetraplégico. Três anos mais tarde sofre a perda da mulher, Béatrice Roche, e entra em profunda depressão. É Abdel Yasmin Sellou, o auxiliar que é contratado para cuidar de Philippe que, com a sua amizade e entusiasmo, o ajuda a sair do estado depressivo em que se encontra e a redescobrir a vontade de viver. Philipe escreve a sua autobiografia - que é publicada pela Bayard em 2001e que deu, recentemente, origem ao filme com o mesmo nome - e casa, em segundas núpcias, com Khadija. Atualmente divide o seu tempo entre França e Marrocos. 

Trailer do Filme Amigos Improváveis


Leiam o livro e assistam ao filme! 

O Preço do Dinheiro de Ken Follett - Bertrand Editora [Abril]

Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 256
Editor: Bertrand Editora
ISBN: 9789722524292
Disponível a partir de 05-04-2012 

Sinopse
Um político acorda com uma bela mulher ao seu lado; um criminoso faz uma reunião com a sua equipa; um magnata toma o pequeno-almoço com um alto funcionário bancário. E depois três histórias nascem: uma tentativa de suicídio, um sequestro e uma oferta pública de aquisição. Parecem ações isoladas, sem relação umas com as outras, até que certo jornalista do Evening Post começa a fazer perguntas e a desvendar uma conspiração bem mais ampla que envolve todos estes elementos. Um dos mais aclamados livros de Ken Follet, cuja narrativa se desenrola ao longo de um dia num jornal vespertino de Londres e põe a nu com mestria as interligações entre o crime, a alta finança e o jornalismo.

Críticas de Imprensa
«Follett sabe mesmo contar uma história!» Atlanta Journal
«As cenas seguem-se a um ritmo excelente. E o final é arrasador!» The Virginian-Pilot

Ken Follett, nasceu a 5 de Junho de 1949, em Cardiff, Wales. Formado em filosofia, é um autor de grande sucesso, que vê os seus livros darem regularmente origem a filmes ou séries televisivas. A sua primeira obra foi publicada em 1978 sob o título Eye of the Needle, um thriller que venceu o Edgar Award e deu origem a um filme. O seu próximo projeto será a muito aguardada sequela de Os Pilares da Terra. O espólio de Ken Follet está armazenado numa coleção exposta na Saginaw Valley State University, nos Estados Unidos e inclui notas, esboços, manuscritos e correspondência. Follett é um grande apreciador de Shakeaspere e um músico amador.


quinta-feira, 29 de março de 2012

Novidades Literárias Dom Quixote [Abril]

Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 648
Editor: Dom Quixote
ISBN: 9789722048774
Disponível a partir de 16-04-2012 



Sinopse
Magnus Pym, explicou um dia John le Carré, «é o arquétipo do agente duplo que existe em cada um de nós». E é bem provável que esta seja, de facto, a chave para a compreensão de Um Espião Perfeito, unanimemente reconhecido pela crítica como a mais importante e a mais autobiográfica das obras do autor.
O livro apresenta como epígrafe o provérbio de origem francesa: «quem tem duas mulheres perde a sua alma, mas quem tem duas casas perde a razão». Fundamentalmente, é a essa quase imperceptível perda que toda a história se refere: ao destino de um homem que, na qualidade de conselheiro da embaixada britânica em Viena para «certos assuntos inconfessáveis», controlou o conjunto das redes inglesas na Europa de Leste, apesar de ter sido durante toda a sua carreira um agente duplo partilhado entre o universo comunista e o establishment ocidental.
Publicado em 1986, Um Espião Perfeito rapidamente foi aclamado como um livro superior e tornou-se um imenso sucesso em todos os países onde foi editado. Na primeira página do The New York Times Book Review, o crítico Frank Conroy descreveu-o como «uma obra notável, que consegue um equilíbrio rigoroso entre o desenvolvimento da narrativa e a riqueza inteligente e hábil do seu estilo». E a Académie Goncourt, de Paris, não hesitou mesmo em declarar: «Um Espião Perfeito integrou le Carré no pequeno grupo dos grandes romancistas ocidentais.»

John le Carré nasceu em 1931. Estudou em Berna e Oxford, foi professor em Eton e esteve durante cinco anos ligado ao Ministério dos Negócios Estrangeiros, sendo primeiro secretário da Embaixada Britânica em Bona e, posteriormente, cônsul político em Hamburgo. Começou a sua carreira literária em 1961, tendo-se tornado um escritor mundialmente reconhecido com o livro O Espião Que Saiu do Frio, o seu terceiro. A consagração de le Carré deu-se com o excelente acolhimento que teve a célebre trilogia de Smiley: Tinker Tailor Soldier Spy , The Honourable Schoolboy e A Gente de Smiley. Entre os seus romances mais recentes, todos eles assinaláveis êxitos de vendas e de crítica, contam-se O Alfaiate do Panamá, Single & Single, O Fiel Jardineiro, Amigos até ao Fim, O Canto da Missão e Um Homem Muito Procurado. Este último, o seu vigésimo primeiro romance, foi publicado em 2008 pela Dom Quixote. 

Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 152
Editor: Dom Quixote
ISBN: 9789722049627
Disponível a partir de 09-04-2012 


Sinopse
Todas as personagens deste livro parecem estar empenhadas numa confrontação com o Tempo: o tempo dos acontecimentos que viveram ou estão a viver e o tempo da memória ou da consciência. Mas é como se uma tempestade de areia se tivesse levantado nas suas clepsidras: o tempo foge e detém-se, gira sobre si próprio, esconde-se, reaparece a pedir contas. Do passado emergem estranhos fantasmas, as coisas que antigamente eram incompatíveis agora parecem harmonizar-se, as versões oficiais e os destinos individuais não coincidem.
Um-ex agente da defunta República Democrática Alemã que durante anos espiou Bertold Brecht, vagueia sem destino por Berlim até ir ter ao túmulo do escritor para lhe confiar um segredo. Numa localidade de férias da ex-Jugoslávia, um oficial italiano da ONU que durante a guerra do Kosovo sofreu as radiações do urânio empobrecido ensina a uma miúda a arte de ler o futuro nas nuvens. Um homem que engana a sua solidão contando histórias a si próprio torna-se protagonista de uma aventura que inventara numa noite de insónia.
Sensível às convulsões da História recente, Antonio Tabucchi mede-se com o nosso Tempo «desnorteado», em que se os ponteiros do relógio da nossa consciência parecem indicar uma hora diferente daquela que vivemos.

António Tabucchi
Escritor italiano nascido em 1943, em Pisa. Tendo sido professor de Língua e Literatura Portuguesa na Universidade de Génova, foi director do Istituto Italiano di Cultura em Lisboa. Dedicado ao estudo da figura de Fernando Pessoa, produziu ensaios sobre este autor e traduziu obras suas. Paralelamente à sua actividade de pesquisa e crítica literária, tem criado uma notável obra como ficcionista, de onde se destacam Donna di Porto Pim (A Mulher de Porto Pim, 1983), Notturno Indiano (Nocturno Indiano, 1984), Piccoli Equivoci Senza Importanza (Pequenos Equívocos sem Importância, 1985) e Sostiene Pereira (Afirma Pereira, 1994). Esta última deu origem ao filme com o mesmo nome, realizado por Roberto Faenza e filmado em Portugal. Em 2001, um artigo que escreveu para o jornal fancês Le Monde e que foi traduzido pelo jornal espanhol El País (acerca da liberdade de expressão), fez com que António Tabucchi fosse galardoado com o Prémio de Liberdade de Expressão Josep Maria Llado, na Catalunha, em Espanha. 



Anjo de Cristal de Beatriz Lima - Alphabetum Editora[Divulgação]

Edição: Dezembro de 2011
Autor: Beatriz Lima
Revisão: Fernando Dias Antunes
Editora: Alphabetum Editora

Sinopse
Devastada com a partida do seu amado para a guerra, Anne Marie tenta “sobreviver” à sua partida. Novos amigos enchem a vida de Anne Marie, mas nada substitui o vazio da ausência de Peter. Por entre aventuras, romance e recomeços, Anne enfrenta a dor.
Mas quando uma carta anuncia a morte de um soldado – na qual o nome não é perceptível – Anne tem duas opções: esquecer o amor da sua vida e seguir em frente, ou ir para a guerra, numa réstia de esperança.
Anjo de Cristal retrata a esperança, o amor, a coragem, tudo envolto num livro carregado de dor e sofrimento.

Excerto
"Retirei a carta. Tinha uma ponta queimada, estava rasgada e o papel parecia velho. Comecei a ler:

As nossas condolências.
Homenageamos este soldado pelo quanto ajudou nesta guerra que um dia iremos ganhar. Este soldado lutou para vencer, mas agora chegou a sua hora de partir para o outro mundo.
Através desta pequena mas honrada carta, homenageamo-lo.
Honramos assim, o soldado …

No sítio onde devia estar o nome do Peter, estava um grande rasgão.
Comecei a tremer. Pode não ser ele. Podem ter-se enganado e mandado para mim. Ele pode estar vivo. E se não se enganaram? E se ele morreu mesmo?"

Beatriz Lima
"Sonhadora, mas com os pés bem assentes na terra. É assim que me defino."
Para saber mais sobre a escritora veja aqui.

Deixo a minha opinião em breve!

quarta-feira, 28 de março de 2012

James Bond está de volta! Carta Branca de Jeffery Deaver [Porto Editora Abril]

Páginas: 464
Editor: Porto Editora
ISBN: 978-972-0-04406-8
Colecção: ALTA TENSÃO
Disponível a partir de 12-04-2012 

Sinopse
Com pouco mais de trinta anos, James Bond está agora ao serviço de uma nova organização - criada após os trágicos acontecimentos de 11 de setembro de 2001 - que opera à margem do MI5, do MI6 e até do Ministério da Defesa, que aliás alega desconhecer a sua existência. O seu objetivo: proteger o Reino de Sua Majestade sem olhar a meios.
Quando está a jantar com uma belíssima mulher, James Bond é surpreendido com uma mensagem do quartel-general, que foi alertado para um terrível ataque a ter lugar dentro de dias no Afeganistão: previsão de milhares de baixas, interesses britânicos seriamente comprometidos.
Bond recebe carta branca para fazer tudo o que for necessário para executar com sucesso a sua nova missão. 

Ver primeiras páginas aqui


Para Sempre, Meu Amor de Cathy Kelly - Quinta Essência [Abril]

Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 496
Editor: Quinta Essência
ISBN: 9789898228789
Disponível a partir de 02-04-2012 

Sinopse
As fadas madrinhas existem, mesmo nas tranquilas colinas irlandesas. Na bonita cidade de Carrickwell vivem três mulheres cujas vidas se encontravam completamente delineadas: a ambiciosa Mel estava determinada a ter uma carreira e uma família; a atenciosa Daisy sonhava em ter um filho com o namorado, e a impetuosa Cleo queria terminar o seu curso e entrar no negócio da família.
Mas as circunstâncias mudaram e tudo se desmoronou.
Quando Leah, uma enigmática mulher a braços com os seus próprios problemas, abre o Spa Cloud’s Hill, Mel, Daisy e Cleo desenvolvem uma amizade e a coragem de descobrir o que realmente importa para elas, para sempre...

Cathy Kelly nasceu em Belfast e cresceu en Dublin. Iniciou a sua carreira num jornal nacional irlandês, onde foi editora de moda e de notícias, crítica cinematográfica e autora da popular coluna de conselhos «Dear Cathy». Actualmente colabora com o jornal Sunday World.
Editou o seu primeiro romance, Woman to Woman, em 1997, que se transformou de imediato num êxito de vendas e converteu Cathy Kelly numa autora reconhecida internacionalmente: os seus livros estão traduzidos em mais de quinze idiomas, com milhões de exemplares vendidos em todo o mundo. Algué Como Tu recebeu o prémio Romantic Novel of the Year, para o melhor romance do ano em 2001.
Actualmente, Cathy Kelly vive no condado de Wicklow, na Irlanda, com o companheiro e os filhos gémeos. 


Cathy Kelly - Bibliografia aqui 

O teu Rosto Será o Último de João Ricardo Pedro - Leya [Novidade Abril]


Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 208
Editor: Leya
ISBN: 9789896602093
Disponível a partir de 02-04-2012 

Sinopse
Tudo começa com um homem saindo de casa, armado, numa madrugada fria. Mas do que o move só saberemos quase no fim, por uma carta escrita de outro continente. Ou talvez nem aí. Parece, afinal, mais importante a história do doutor Augusto Mendes, o médico que o tratou quarenta anos antes, quando lho levaram ao consultório muito ferido. Ou do seu filho António, que fez duas comissões em África e conheceu a madrinha de guerra numa livraria. Ou mesmo do neto, Duarte, que um dia andou de bicicleta todo nu.
Através de episódios aparentemente autónomos - e tendo como ponto de partida a Revolução de 1974 -, este romance constrói a história de uma família marcada pelos longos anos de ditadura, pela repressão política, pela guerra colonial.
Duarte, cuja infância se desenrola já sob os auspícios de Abril, cresce envolto nessas memórias alheias - muitas vezes traumáticas, muitas vezes obscuras - que formam uma espécie de trama onde um qualquer segredo se esconde. Dotado de enorme talento, pianista precoce e prodigioso, afigura-se como o elemento capaz de suscitar todas as esperanças. Mas terá a sua arte essa capacidade redentora, ou revelar-se-á, ela própria, lugar propício a novos e inesperados conflitos?

João Ricardo Pedro nasceu em 1973, na Reboleira, Amadora. Curioso acerca da força de Lorentz, licenciou-se em Engenharia Eletrotécnica pelo Instituto Superior Técnico. Durante mais de uma década, trabalhou em telecomunicações sem, no entanto, alguma vez ter aplicado as admiráveis equações de Maxwell. Na primavera de 2009, em consequência do carácter caprichoso dos mercados, achou-se com mais tempo do que aquele de que necessitava para cumprir as obrigações do quotidiano. Num acesso de pragmatismo, começou a escrever. O Teu Rosto Será o Último é o seu romance de estreia. 


O Circo dos Sonhos de Erin Morgenstern - Civilização Editora [Novidade Abril]


Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 464
Editor: Livraria Civilização Editora
ISBN: 9789722634267
Disponível a partir de 11-04-2012 

Um romance de magia e amor que está a encantar os leitores de todo o mundo através do fantástico poder da imaginação.

Sinopse
Um misterioso circo itinerante chega sem aviso e sem ser precedido por anúncios ou publicidade. Um dia, simplesmente aparece. No interior das tendas de lona às listas pretas e brancas vive-se uma experiência absolutamente única e avassaladora. Chama-se Le Cirque des Rêves (O Circo dos Sonhos) e só está aberto à noite.
Mas nos bastidores vive-se uma competição feroz - um duelo entre dois jovens mágicos, Celia e Marco, que foram treinados desde crianças exclusivamente para este fim pelos seus caprichosos mestres. Sem o saberem, este é um jogo onde apenas um pode sobreviver, e o circo não é mais do que o palco de uma incrível batalha de imaginação e determinação. Apesar de tudo, e sem o conseguirem evitar, Celia e Marco mergulham de cabeça no amor - um amor profundo e mágico que faz as luzes tremerem e a divisão aquecer sempre que se aproximam um do outro.
Amor verdadeiro ou não, o jogo tem de continuar e o destino de todos os envolvidos, desde os extraordinários artistas do circo até aos seus mentores, está em causa, assente num equilíbrio tão instável quanto o dos corajosos acrobatas lá no alto.

Escrito numa prosa rica e sedutora, este romance arrebatador é uma dádiva para os sentidos e para o coração. O Circo dos Sonhos é uma obra fascinante que fará com que o mundo real pareça mágico, e o mundo mágico, real.

Críticas de imprensa
Este é um livro maravilhoso.
Audrey Niffenegger, autora de The Time Traveler's Wife
Morgenstern consegue conceber uma história de amor para adultos com um caráter voluptuosamente romântico. Quando Celia se refere ao circo como “um encanto, um conforto e um mistério”, poderia estar a falar deste livro.
The Washington Post

A estreante Morgenstern não tem falhas nesta arrebatadora história de ambição, destino e amor […] uma história grandiosa e mágica destinada ao sucesso.
Publishers Weekly

Este é com certeza um dos mais belos romances do ano. A estreia mágica de Erin Morgenstern vai prender a atenção de um vasto público que ficou desamparado com o fim das crónicas de Harry Potter.
The Observer

Encantador e comovente… Senti-me fascinada pelo universo deste livro. É algo surpreendentemente raro em ficção – um mundo incrivelmente belo, apesar da sua falta de cor.
Claire Messud, The Guardian

A escrita de Morgenstern, no que toca a criações mágicas, é deliciosa e viciante.
The Sunday Times

Erin Morgenstern descreve todo o seu trabalho como sendo “contos de fadas, de uma forma ou de outra”. Estudou teatro e arte no Smith College. Além de escrever, também pinta e coleciona joias feitas com chaves antigas. Cresceu no Massachusetts e é lá que vive atualmente. O Circo dos Sonhos é o seu primeiro romance. 




terça-feira, 27 de março de 2012

Romance em Amesterdão [A minha Opinião]




Já alguma vez sentiram vontade de visitar os locais descritos nos vossos livros favoritos? Eu já! Acho que todos os leitores sentem essa motivação. Pois bem, esta história tem o seu início numa dessas vontades, de transpor a ficção em realidade.
Mariana Torres decide viajar até Amesterdão para conhecer o Bruine Café’s, um dos locais onde se desenrola o maravilhoso romance do escritor José Pedro Vieira. Mas esta não era a principal razão que a levava a visitar Amesterdão. Queria estar longe de tudo e de todos, para colocar as ideias em ordem.
Mariana não contava encontrar o escritor José Pedro Vieira no Bruine Café’s, mas foi isso que acabou por acontecer. Após várias saídas juntos, pelos maravilhosos canais e espaços emblemáticos da cidade de Amesterdão, como o Museu Van Gogh, é impossível controlar a crescente atração entre ambos.
A realidade é mais forte e este breve romance tem um fim mesmo antes de ter começado, para profunda tristeza de Mariana.
Quinze anos depois, Mariana e Zé Pedro voltam a cruzar-se em Lisboa por mero acaso. Este breve encontro vai ter grandes implicações na vida de ambos. Poderá um amor do passado ser tão forte e manter-se inalterado durante tanto tempo? Terá este amor um lugar no presente? Estas são perguntas que deixo no ar pois não quero revelar mais sobre a história do livro.
É uma narrativa que surpreende a cada página, com personagens que me cativaram. As situações descritas e vividas pelos personagens são plausíveis de acontecer. A escrita é simples mas ao mesmo tempo bela e com passagens maravilhosas.
Após lida a última linha, fico a pensar que, por mais que queiramos, não temos controlo sobre tudo o que se passa na nossa vida, que o destino prega partidas, que a felicidade é sempre imprevisível .
Este foi o primeiro livro que li de Tiago Rebelo e a sua escrita não me desiludiu. "O Tempo dos Amores Perfeitos" será o próximo livro que irei ler do escritor. Espero que me surpreenda tanto ou mais que este.
Depois de ler este livro, vão querer visitar Amesterdão, ver as famosas pinturas de Van Gogh, passear na nossa Baixa do Chiado e entrar numa livraria e comprar um livro.
Uma leitura que recomendo.
Boas leituras.        

Amesterdão

Vaso com quinze girassóis (Janeiro de 1889). Museu Van Gogh, Amesterdão

LEYA BIS – LIVROS DE BOLSO [Divulgação]


Siddhartha

Um Poema Indiano

Hermann Hesse


Prémio Nobel de Literatura 1946

Sinopse
Siddhartha, filho de um brâmane, nasceu na Índia no século VI a.C. Passa a infância e a juventude isolado das misérias do mundo, gozando uma existência calma e contemplativa. A certa altura, porém, abdica da vida luxuosa, protegida, e parte em peregrinação pelo país, onde a pobreza e o sofrimento eram regra. Na sua longa viagem existencial, Siddhartha experimenta de tudo, usufruindo tanto as maravilhas do sexo, quanto o jejum absoluto. Entre os intensos prazeres e as privações extremas, termina por descobrir “o caminho do meio”, libertando-se dos apelos dos sentidos e encontrando a paz interior. Em páginas de rara beleza, Siddhartha descreve sensações e impressões como raramente se consegue. Lê-lo é deixar-se fluir como o rio onde Siddhartha aprende que o importante é saber escutar com perfeição.

Quando Lisboa Tremeu
Domingos Amaral

Sinopse
Lisboa, 1755: o Dia de Todos os Santos vai mudar a vida de cinco pessoas para sempre.
Lisboa, 1 de novembro de 1755. A manhã nasce calma na cidade, mas na prisão da Inquisição, no Rossio, irmã Margarida, uma jovem freira condenada a morrer na fogueira, tenta enforcar-se na sua cela. Na sua casa em Santa Catarina, Hugh Gold, um capitão inglês, observa o rio e sonha com os seus tempos de marinheiro. Na Igreja de São Vicente de Fora, antes de a missa começar, um rapaz zanga-se com a mãe porque quer voltar a casa para ir buscar a sua irmã gémea. Em Belém, um ajudante de escrivão assiste à missa, na presença do rei D. José. E, no Limoeiro, o pirata Santamaria envolve-se numa luta feroz com um gangue de desertores espanhóis.
De repente, às nove e meia da manhã, a cidade começa a tremer. Com uma violência nunca vista, a terra esventra-se, as casas caem, os tetos das igrejas abatem, e o caos gera-se, matando milhares. Nas horas seguintes, uma onda gigante submerge o Terreiro do Paço, e durante vários dias incêndios colossais vão aterrorizar a capital do reino.




Máscaras de Salazar

Fernando Dacosta

Sinopse

Máscaras de Salazar é a recriação de uma crónica pessoal a partir de testemunhos, de diálogos, de declarações, de conferências, de segredos que Fernando Dacosta teve com vários protagonistas (e opositores) do Estado Novo, inclusive Salazar. Para julgar é preciso compreender. Daí o contributo deste livro, memórias de gerações de pessoas convictas de um desígnio que foi morrendo com elas. É urgente reter a palavra, o testemunho com que influenciaram para sempre o nosso presente e futuro.



DOROTHY KOOMSON Pré-lançamento [Bertrand Online]


Livro em Pré-lançamento - disponível para envio a partir de 02-04-2012.
Preços e descontos apresentados são válidos apenas na Bertrand Online até 2 de Abril de 2012.
A oferta é limitada ao stock existente.
Pode comprar aqui, http://www.bertrand.pt/

Dia Mundial do Teatro

"O mundo é um palco. E homens e mulheres, não mais que meros actores. Entram e saem de cena e durante a sua vida não fazem mais do que desempenhar alguns papéis." William Shakespeare

"A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos". Charles Chaplin in “My Autobiography”



segunda-feira, 26 de março de 2012

Desejo Subtil de Lisa Kleypas - Editora 5 Sentidos [Divulgação]


Sinopse

Desesperada, só pedia que ele não a tocasse, que mantivesse a promessa de não a seduzir. Porque, caso contrário… não estava nada certa de conseguir resistir.

Quatro jovens da sociedade elegante de Londres partilham um objetivo comum: usar os seus encantos femininos para arranjarem marido. E assim nasce um ousado esquema de sedução e conquista. A delicada aristocrata Annabelle Peyton, determinada a salvar a família da desgraça, decide usar a sua beleza e inteligência para seduzir um nobre endinheirado. Mas o admirador mais intrigante e persistente de Annabelle – o plebeu arrogante e ambicioso Simon Hunt – deixa bem claro que tenciona arruinar-lhe os planos, iniciando-a nos mais escandalosos prazeres da carne.
Annabelle está decidida a resistir, mas a tarefa parece impossível perante uma sedução tão implacável… e o desejo descontrolado que desde logo a incendeia.
Por fim, numa noite escaldante de verão, Annabelle sucumbe aos beijos tentadores de Simon, descobrindo que, afinal, o amor é o jogo mais perigoso de todos.


Críticas de imprensa

Romantic Times
"Kleypas nunca falha. Se procura uma leitura fantástica… Kleypas tem um especial talent para fazer os leitores rir, chorar e aplaudir, normalmente logo nas páginas de abertura.” 

Disponível a partir de: 29-03-2012

Furacão de Laurent Gaudé - Porto Editora [Divulgação]


Sinopse

No coração da tempestade que devastou Nova Orleães, uma dezena de personagens enfrenta a fúria dos elementos, mas também a sua própria escuridão interior. Que resta ao ser humano quando as suas referências morais e sociais desaparecem por entre o caos e o medo de um cenário apocalíptico?

Com Furacão, Laurent Gaudé oferece-nos uma espécie de ópera em que os solos das personagens se unem num amplo coro que nos transmite o grito da cidade abandonada à sua sorte. A gravidade da tragédia funde-se com a serenidade da fábula, para exaltar a fidelidade, a fraternidade, a comovente beleza dos que, apesar de tudo, permanecem de pé. 




O Outro Amor da Vida Dele de Dorothy Koomson - Porto Editora [Abril]

"O Outro Amor da Vida Dele" de Dorothy Koomson

Sinopse

Está a viver o amor com que sempre sonhou?

Libby tem uma vida perfeita com um marido maravilhoso e uma casa enorme em frente à praia. Mas, aos poucos, começa a duvidar do amor de Jack e não acredita que ele tenha realmente superado a morte da primeira mulher, Eve.
Quando o destino interfere na relação de ambos, Libby sente necessidade de conhecer melhor o homem com quem se casou e a aparentemente perfeita Eve.
A jovem esposa descobre algumas verdades assustadoras sobre aquela família. Com receio das consequências, Libby começa a desconfiar que também ela terá o destino da primeira mulher que Jack amou?


Pode um novo amor apagar uma grande paixão?




Disponível a partir de 02-04-2012 







Jesus Ama-me de David Safier - Editorial Planeta [Divulgação]


Uma simpática e tresloucada comédia sobre o bem, o mal e algumas aparições sobrenaturais.

Sinopse

Marie, uma trintona que vive numa pequena aldeia alemã, tem um especial talento para se apaixonar pelos homens errados. Pouco depois de deixar o noivo plantado no altar, conhece Joshua, um carpinteiro estranho, fora do comum. Joshua é um homem diferente de todos os que conheceu antes: sensível, atencioso, desinteressado. Mas, infelizmente, também não é o homem perfeito: no primeiro encontro confessa que é Jesus.

A princípio, Marie pensa que ele está completamente louco, mas aos poucos vai-se dando conta de que a sua história bate certo. Apaixonou-se pelo Messias, que veio à Terra antes do Juízo Final. Marie deverá enfrentar não apenas o fim do mundo, previsto para a terça-feira seguinte, mas também o romance mais destrambelhado de todos os que já viveu.

Estas páginas proporcionam ao leitor as mesmas gargalhadas e divertimento que Maldito Karma, o primeiro romance de David Safier, um fenómeno editorial em todo o mundo. Jesus Ama-me é uma história original e descarada sobre o amor, a família e a tolerância, uma enorme diversão e uma comovedora fábula sobre o valor dos sentimentos. 

Críticas de imprensa

«Safier apresenta uma narrativa descarada e dotada de grande comicidade com a qual cria uma história sobre encontros surrealistas, o Juízo Final, discórdias familiares e tentações demoníacas. Tem todos os ingredientes para se tornar num best-seller como Maldito Karma, a sua obra-prima.»
Hörzu

«Uma linguagem divertida e uns diálogos com garra, que acertam em cheio no alvo.»
Bild am Sonntag

«David Safier conhece muito bem o eterno conflito entre o desejo do bem, a paciência e o amor, e a incapacidade de agir em concordância com tal desejo… Sabe muito bem como nos entreter.»
Frankfurter Neue Presse

«Um romance divertidíssimo, descarado e até impertinente.»
NDR 1 Welle Nord

«Safier aposta na comicidade das situações, em diálogos surrealistas que, com os seus equívocos e reviravoltas surpreendentes, fazem lembrar Woody Allen.»
Kurier am Sonntag

«David Safier volta a deleitar-nos com uma simpática e tresloucada comédia sobre o bem, o mal e algumas aparições sobrenaturais.»
OK!
«Um divertidíssimo romance de amor.»
DIVA 


O Beijo de Danielle Steel - 11x17 [Abril]

"Criada em Junho de 2008, a 11x17 tem publicado livros em formato bolso de autores best-seller como Dan Brown, Nora Roberts, Daniel Silva, Ken Follett, Danielle Steel, Guillaume Musso, mas também clássicos da literatura como Eça de Queirós e Oscar Wilde."
No mês de Abril lança mais uma novidade, "O Beijo" de Danielle Steel. 


Sinopse
Em Londres Isabelle e Bill trocam o primeiro beijo. Durante anos foram apenas bons amigos que trocavam entre si os problemas dolorosos dos respectivos casamentos. Mas o amor surge entre eles. Tudo se parecia encaminhar para o florescer do seu amor mas subitamente quando acabam de se beijar um carro a lata velocidade albaroa a limusina. A recuperação será longa e dolorosa, pior podem ter perdio a última oportunidade para ficarem juntos.


sexta-feira, 23 de março de 2012

Novidades Literárias Quinta Essência [Abril]


Sinopse
Para Aurélie Bredin, as coincidências não existem. Jovem, sensível e atraente, é a proprietária de um pequeno e romântico restaurante, Le Temps des Cerises, situado no coração de Paris, a dois passos do Boulevard Saint-Germain. Naquele pequeno restaurante forrado a madeira, com toalhas aos quadradinhos vermelhos e brancos, o seu pai conquistou o coração da sua mãe graças ao menu d’amour. E foi ali, rodeada pelo aroma do chocolate e da canela, que Aurélie cresceu e onde encontra consolo nos momentos difíceis da sua vida. Mas agora, magoada pelo abandono de Claude, nem sequer a calidez acolhedora da cozinha é capaz de consolá-la.
Uma tarde, mais triste que nunca, Aurélie refugia-se numa livraria. Um romance, O Sorriso das Mulheres, chama a sua atenção. Quando o folheia, descobre que a protagonista é inspirada nela e que Le Temps des Cerises é um dos cenários principais. Graças a esta prenda inesperada, volta a sentir-se animada. Decide entrar em contacto com o autor, Robert Miller, para lhe agradecer. Mas isso não é fácil. Qualquer tentativa de conhecer o escritor – um misterioso e esquivo inglês – morre na secretária de André Chabanais, o editor que publicou o romance. Porém, Aurélie não desiste e quando um dia surge efectivamente uma carta do autor na sua caixa de correio, acaba por daí resultar um encontro bem diferente daquele que tinha imaginado…


Sinopse
A maior parte das pessoas consegue lembrar-se de um momento decisivo na sua vida. Uma fração de segundo quando o tempo parou e a vida mudou para sempre. Para Lily Ormond, esse momento chegou ao fim de um dia, quando foi abrir a porta e descobriu que, enquanto estava a esmagar alho e alecrim e assistir a telenovelas, a sua irmã gémea Alison se tinha afogado. Foi difícil conciliar-se com a perda da única irmã e melhor amiga, e mais ainda tornar-se mãe de Charlie, o filho de Ali com três anos de idade, mas descobrir que a sua irmã gémea levava uma vida secreta havia anos quase destruiu Lily... E assim começa uma viagem relacionada com quatro homens que tinham feito parte de uma vida que ela nem sabia existir. Uma viagem que obriga Lily a reconciliar-se com a memória do pai que nunca se importou realmente com ela, com uma criança que precisa muito de si e com uma irmã que não era o que parecia.


Sinopse
Joseph, um homem à beira dos quarenta anos, acorda desorientado e constrangido num local que não reconhece. Parte numa viagem para encontrar a sua casa, sem saber para onde vai, orientado apenas pela visão preciosa e indelével da mulher que ama.
Antoinette é uma mulher de idade, que vive numa residência para séniores e que se refugiou no seu mundo interior. Aí, o corpo e a mente não a atraiçoaram. Aí, é uma jovem recém-casada com um marido que a idolatra e uma vida inteira de sonhos para viver. Aí, ela está verdadeiramente em casa.
Warren, filho de Antoinette, é um quarentão anos que atravessa uma das fases mais difíceis da sua vida. Com tempo a mais, resolve tentar recriar as recordações de casa confeccionando os melhores pratos da mãe e saboreá-los com ela.
Joseph, Antoinette e Warren são três pessoas que andam à procura de casa, cada uma à sua maneira. No modo como se ligam umas às outras nesta fase crítica das suas vidas reside o fundamento do tipo de história profunda e comovente que nos habituámos a esperar de Michael Baron.




Sinopse
Grace Hall é uma socialite deslumbrante, rodeada de glamour, privilégio e riqueza, mas a sua fortuna fez dela o alvo de um louco que anda a matar as mulheres mais influentes de Manhattan. Para se proteger, Grace exige o melhor dos guarda-costas – e depara com muito mais do que esperava.
John Smith é um especialista em segurança intransigente e frio que é tão dedicado ao seu trabalho como é mortífero. Mudar-se para o luxuoso apartamento de cobertura de Grace é a última coisa que deseja, mas é impossível dizer-lhe que não. Quando explica as regras à sua nova cliente, surgem entre eles faíscas, bem como um desejo incendiário. Com Grace nos braços, John dá por si a baixar as próprias defesas. À medida que as noites amenas se tornam escaldantes e o assassino se aproxima, Grace e Smith enfrentam uma escolha crucial: seguir as regras ou seguir os seus corações.


quinta-feira, 22 de março de 2012

Encontra-me em Nova Iorque - Duarte Monteiro [A minha Opinião]


Este é o primeiro livro de Duarte Monteiro, escritor português, natural de Marco de Canaveses.
Foi uma leitura que iniciei com alguma expectativa, visto ser uma apaixonada pela cidade de Nova Iorque.
Este livro fez-me viajar entre Sarajevo, Londres e Nova Iorque, aguçando assim a curiosidade a futuras visitas.
É uma historia que se desenrola em torno de um futuro atentado terrorista, de nome, Guerra de Reconquista, que tem como causa maior voltar a erguer a antiga pátria Jugoslávia.
Edward Grant, personagem principal, é envolvido inocentemente nos planos dos terroristas. Passa a ser procurado pelos terroristas e pelo F.B.I, por ter em sua posse informações preciosas sobre a Guerra de Reconquista. Uma viagem a Nova Iorque, que Edward planeia como férias, passa a ser uma escapatória e um refúgio de possíveis ameaças.
Conhece a bela agente do F.B.I, Danielle, que fica encarregue da sua protecção. O que ambos não sabem é que Danielle está involuntariamente envolvida nos planos dos terroristas, como moeda de troca.
Por entre ameaças, perseguições, perigos, paixões, mortes e desilusões, assim se vai construindo uma narrativa empolgante.
Um livro que se lê num sopro, cheio de surpresas e com um final curioso.
Recomendo a leitura.  Depois fica a vontade de ouvir a música “Empire State of Mind” de Jay-Z e Alicia Keys.
Boas leituras!


Dia Mundial da Água


Livros que dão Filmes

Baseado no primeiro livro da trilogia de ficção científica escrita por Suzanne Collins, um "bestseller" norte-americano, estreia hoje nas salas de cinema portuguesas o filme The Hunger Games - Os Jogos da Fome, realizado por Gary Ross. Em Portugal o livro foi publicado pela Editorial Presença
Leiam o livro e vejam o filme!




quarta-feira, 21 de março de 2012

Hoje é o dia Mundial da Poesia!

"Para ser grande, sê inteiro: nada
Teu exagera ou exclui.
Sê todo em cada coisa. Põe quanto és
No mínimo que fazes.
Assim em cada lago a lua toda
Brilha, porque alta vive."

Ricardo Reis


Primeiro Olá

"Ao abrir um livro, vislumbro um horizonte, onde a vista vai muito além do ponto." [Elanklever]
Este será o cantinho onde as palavras serão escritas com paixão e onde o protagonista será sempre, o livro.
Bem-vindos ao Manta de Histórias!