domingo, 1 de abril de 2012

Anjo de Cristal [A minha Opinião]




Foi com grande surpresa que li este pequeno tesouro.
Como é dito na sinopse do livro é “um livro carregado de dor e sofrimento”.
Anne Marie é uma jovem apaixonada, sonhadora e feliz até ao dia da partida do seu grande amor para a guerra.
Após a partida de Peter, Anne Marie não foi mais a mesma. Vive os seus dias com um sentimento de vazio e  tristeza profundo. Vive com o coração nas mãos só de pensar que não voltará a vê-lo.
Os novos amigos e as novas aventuras ajudam a adormecer a dor mas não a esquecê-la.
Quando Anne Marie sente que pode ter perdido para sempre o seu grande amor, reúne todas suas forças e embarca numa difícil viagem para o encontrar. Será que o seu esforço valerá a pena?
Beatriz Lima brinda o leitor com uma escrita simples mas comovente. Os vários momentos criados na história são sempre emotivos e a cada página surge um desafio, uma surpresa. Desta forma a leitura torna-se empolgante e a ansiedade de conhecer o final da história ainda maior.
Foi uma leitura que me surpreendeu, que me fez reflectir. O amor é sem dúvida a força e o alimento que faz o nosso coração viver. O sofrimento torna-nos pessoas mais fortes e surpreendentemente lutadoras. Na vida tudo é incerto mas nessa incerteza temos sempre de lutar pela felicidade, mesmo que pareça longe do nosso alcance.
Uma leitura que recomendo. Vou com certeza acompanhar o percurso literário da jovem escritora Beatriz Lima.
Depois desta leitura fica a vontade de escrever cartas, tirar lindas fotografias e reler os nossos diários, para quem os tem.
Boas leituras!

Passagens Favoritas

"Os amigos vão e vêm. Mas há sempre um que fica. Há sempre aquele amigo que é divertido, compreensivo, um ombro onde podes chorar. Aquele que está sempre lá. Aquele com quem podes contar. Aquele que, mesmo que o Mundo acabe, estará sempre lá para ti."

 "O amor é para a eternidade; os outros sentimentos são meras emoções do momento. Os outros sentimentos, comparados com o amor, são como um grão de areia no deserto.as passagens. "Os amigos vão e vêm. Mas há sempre um que fica. Há sempre aquele amigo que é divertido, compreensivo, um ombro onde podes chorar. Aquele que está sempre lá. Aquele com quem podes contar. Aquele que, mesmo que o Mundo acabe, estará sempre lá para ti." "O amor é para a eternidade; os outros sentimentos são meras emoções do momento. Os outros sentimentos, comparados com o amor, são como um grão de areia no deserto." Dou os meus parabéns à Beatriz Lima pelo seu talento e à Alphabetum Editora por apostar nos jovens talentos portugueses. Uma lei

Sem comentários :

Enviar um comentário